HOMICÍDIO

Homem morto em frente a <br>conveniência tinha rixa com vizinho

Vítima foi morta com três tiros quando chegava à conveniência
14/06/2017 10:34 - BRUNA AQUINO


 

Cicero Ramão Correa, de 41 anos, morto a tiros na tarde de ontem (13), tinha rixa com o vizinho, fato que se tornou importante nas investigações da polícia. Caso foi registrado na delegacia e apurações continuam para desvendar o crime

Consta em boletim de ocorrência que no dia do assassinato, a esposa da vítima foi chamada até o local onde viu o corpo do marido caído no chão. A mulher informou à polícia que recentemente Cícero teria brigado com o vizinho e ambos se juraram de morte.

Testemunhas no local afirmaram não terem visto o crime e a polícia continua investigando o caso para chegar até os autores.

O CRIME

Cícero foi morto com três tiros em frente a uma conveniência na Rua Clóvis Cersozimo de Souza, no Bairro Jardim Santa Brígida, em Dourados. Vítima foi abordada por dois homens, que ainda não foram identificados.

Segundo informações do Dourados Agora, Cícero estava em uma motocicleta CB 300, indo até uma conveniência, quando estacionou o veículo e foi abordado por dois rapazes em outra moto. O passageiro da motocicleta sacou uma arma de fogo e atirou três vezes contra a vítima, que caiu no chão.

Os autores fugiram na motocicleta e ainda não foram identificados. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local para realizar os primeiros socorros, mas a vítima já estava sem vida.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".