Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

PRESO EM FLAGRANTE

Homem que atropelou e matou bombeiro
diz não se lembrar do acidente

Ele confessou ter inserido bebido alcoólica antes de pilotar a moto

14 JAN 19 - 15h:15FÁBIO ORUÊ

Motociclista de 34 anos, que atropelou e matou o cabo do Corpo de Bombeiros Militar, Edivaldo Alcides Benite, 49, na noite de sábado (12), em Três Lagoas, disse em depoimento que não se lembra do acidente. O suspeito recebeu alta ontem (13) e foi preso em flagrante.

De acordo com o site HojeMais, ao prestar esclarecimentos ao delegado Marcílio Ferreira Leite, da 1ª Delegacia de Polícia Civil, ele disse ter ingerido bebida alcoólica antes de pilotar a moto e que não se recorda dos fatos.

Após o depoimento, ele foi encaminhado a uma cela na delegacia para aguardar a audiência de custódia, que deve ocorrer ainda hoje (14).

ACIDENTE

Alcides morreu após ser atropelado por uma moto na  Avenida Clodoaldo Garcia no cruzamento com a Rua Tiradentes, em Três Lagoas. o Comandante do Corpo de Bombeiros, Tenente Coronel Arruda disse que o bombeiro saiu de uma conveniência junto com a esposa e aguardava passar um carro para atravessar a avenida, quando de repente veio uma moto em alta velocidade, fez uma ultrapassagem proibida e acabou atingindo o Bombeiro, que morreu no local.

"No intuito de salvar a esposa, ele a protegeu desviando da moto que vinha em sua direção, porém acabou sendo atingido e não resistiu", contou emocionado.

A esposa foi encaminhada em estado de choque a uma unidade de saúde de Três Lagoas. De acordo com o boletim médico ela sofreu uma fratura no tornozelo, porém foi liberada, e acompanhou o velório do marido.

O motociclista foi socorrido também para unidade de saúde de Três Lagoas. Após receber alta foi preso em flagrante na tarde de domingo.

O corpo do Cabo Alcides será cremado nesta segunda-feira, em Araçatuba (SP). O velório aconteceu durante a manhã, com homenagens dos familiares e colegas de trabalho do Corpo de Bombeiros.

Na corporação desde dezembro de 1998, Alcides servia em Três Lagoas desde 2005. Além da esposa, ele deixou três filhas e também netos.

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Capital pede mais investimentos na área de infraestrutura
GOVERNO PRESENTE

Capital pede mais investimentos na área de infraestrutura

Tempestade com ventos de 131 km/h causa destruição em MS
ASSUSTOU MORADORES

Tempestade com ventos de 131 km/h causa destruição

Proprietária expulsa ciclistas que se abrigavam de chuva em posto de combustíveis
VEJA O VÍDEO

Ciclistas são impedidos de se abrigarem de chuva em posto

BR-262 deve receber reformas com investimento de R$ 22 milhões
EMENDAS

BR-262 deve receber reformas com investimento de R$ 22 milhões

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião