Campo Grande - MS, quarta, 22 de agosto de 2018

Laguna Carapã

Homem que atirou em ex e tentou se matar, morre após ficar uma semana em hospital

Homem não aceitava o fim do casamento que durou 32 anos

28 JUN 2017Por BRUNA AQUINO10h:42

Oswaldo Martins de Oliveira, de 50 anos, morreu na noite de ontem (27), após ficar uma semana internado no Hospital da Vida, em Dourados. Homem tentou matar a ex-mulher no último dia (21), com quem era casado há 32 anos, e depois tentou tirar a própria vida com um tiro na cabeça.

Conforme informações do Dourados News, após a confusão, Oswaldo foi socorrido por equipe de emergência e foi encaminhado até hospital. Ele foi submetido a procedimentos médicos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

O CASO

Oswaldo atirou contra a cabeça depois de ferir a tiros a ex-esposa Rute Gonçalves de Matos, 46 anos. Genro do casal relatou para a polícia que autor e vítima foram casados durante 32 anos e estavam separados há cerca de seis meses. Todavia, o homem não aceitava o fim do relacionamento.

No último dia 15, Oswaldo, que é alcoólatra, havia procurado Rute, ocasião em que discutiram e o ex ameaçou matar a mulher. Conforme relatos da testemunha, a vítima tomava tereré em casa, acompanhada do genro, da filha e dos netos, quando foi surpreendida por Oswaldo que adentou ao local por meio de um corredor.

Ele então disse a Rute: “Cê disse que a polícia iria me prender”. Em seguida, sacou arma de fogo calibre .38 e apontou para a ex. A mulher então avançou sobre o homem e passou a lutar para tentar desarmá-lo. Já o genro colocou a esposa e os filhos dentro de casa e, quando retornava para separar a briga, ouviu disparos. Ao perceber que havia ferido Rute no peito, Oswaldo apontou a arma em direção a própria cabeça e atirou.

Foi instaurado inquérito para investigação do caso.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também