quarta, 18 de julho de 2018

Sidrolândia

Homem morre depois de ser esfaqueado em lanchonete

Vítima era esposo de proprietária de lanchonete e foi atingido ao defender mulher

9 AGO 2015Por Glaucea Vaccari08h:56

Adriano da Silva Couto, 24 anos, morreu esfaqueado na madrugada deste domingo (9) em uma lanchonete de Sidrolândia, distante 70 quilômetros de Campo Grande.

A esposa da vítima, identificada como Ana Cláudia, que é proprietária do bar, disse à polícia que um casal estava bebendo no local e, em determinado momento, a mulher foi ao banheiro com uma faca na mão. 

Ana Cláudia seguiu a mulher e tentou retirar a faca da mão da suspeita. As duas começaram uma briga e o homem, que acompanhava a mulher, entrou na briga e tentou pegar a faca. Adriano também se envolveu na confusão para defender a esposa e foi atingido pelo golpe nas costas.

O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados, mas a vitima não resistiu aos ferimentos e morreu antes da chegada do socorro.

O casal fugiu depois do crime e ainda não foi identificado. O caso foi registrado como homicídio simples e será investigado pela Polícia Civil.

Leia Também