Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MARACAJU

Homem mata cunhado em bar para vingar violência doméstica sofrida pela irmã

Vítima foi morta com facada no pescoço
30/07/2017 07:17 - RENAN NUCCI


Caso de violência doméstica terminou com morte na noite de ontem, em um bar no município de Maracaju, a 157 quilômetros de Campo Grande. Porém, desta vez a vítima em questão não foi uma mulher. Segundo a polícia, José Paulo Santurião Felismino, de 26 anos, confessou assassinato do cunhado Edson da Silva de Oliveira, 33, com uma facada no pescoço, para se vingar de agressões sofridas pela irmã.


De acordo com a Polícia Civil, Edson era casado com a irmã de Paulo e a agredia física e psicologicamente, razão pela qual o crime teria sido motivado. Consta no boletim que, quando a polícia chegou ao local dos fatos, na Vila Juquita, Paulo se apresentou e relatou o homicídio, alegando estar transtornado com o que vinha acontecendo com a irmã.


Não há detalhes sobre a dinâmica, mas peritos verificaram que Edson estava caído no interior do estabelecimento, onde também estava a faca usada na ação. O autor recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde acabou autuado em flagrante por "homicídio qualificado por traição ou emboscada, ou por recurso que dificulte ou impossibilite a defesa da vítima".

 

Felpuda


Nos bastidores poderosos, comentários são de que dois pretensos pré-candidatos estão deixando em polvorosa quem tinha quase certeza de que tudo estava em total “céu de brigadeiro”. Assim, enquanto ambos se movimentam aqui e acolá, o lado de lá está pensando no que fazer para evitar futuro confronto. Vale ressaltar que a dupla tem experiência que só no campo de guerra das eleições – e o desempenho não ficou a desejar.