terça, 17 de julho de 2018

TRÊS LAGOAS

Homem mantém esposa em cárcere
privado na própria casa

Vítima relata que já registrou queixa, mas, voltou atrás e arquivou processo

17 ABR 2018Por ALINE OLIVEIRA14h:26

Um caso de violência doméstica registrado nesta terça-feira (17), em Três Lagoas chamou atenção pelo descontrole emocional do parceiro. Uma mulher de 35 anos foi ameaçada de morte pelo esposo, 39 anos, com quem é casada há 22 anos e impedida de sair da casa onde residem no Jardim Alvorada. 

Com medo das ameaças e xingamentos constantes que tem recebido, a vítima foi até a Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) e registrou ocorrência, por temer pela própria vida e do filho do casal,  que tem 10 anos. 

Ela declarou aos militares que já chegou a registrar um boletim de ocorrência contra o marido, mas, depois voltou atrás e pediu arquivamento do processo. Ontem, ela foi novamente vítima de ameaças do marido e foi à delegacia. 

Em depoimento, a vítima afirmou que o ciúmes do marido tem atrapalhado o casamento e que, por volta das 15h30, começou a receber mensagens ofensivas no celular. O teor das mensagens era de baixo calão e uma dela dizia que: “Você está me traindo. Se você sair de casa, eu te mato”.

A vítima registrou um boletim de ocorrência como ameaça e violência doméstica e disse que manifesta desejo de representar criminalmente contra o marido e solicitou medidas protetivas de urgências.

*Com informações do JP News

Leia Também