MORTE A ESCLARECER

Homem é encontrado morto <br>dentro de poço desativado

Rastro na mata indica que vítima foi arrastada e jogada no poço, em Itaporã
12/06/2019 18:19 - GLAUCEA VACCARI


Homem, identificado apenas como Juninho, foi encontrado morto dentro de um poço, próximo a aldeia indígena Jaguapiru, na tarde de hoje, em Itaporã.

De acordo com o boletim de ocorrência, uma das lideranças da aldeia encontrou o corpo e acionou a polícia, que se deslocou ao local, localizado na estrada de acesso à pedreira Santa Maria, em uma mata na propriedade rural.

No local foram encontrados rastros, com sangue durante o trajeto, o que, segundo a polícia, indica que o corpo foi arrastado de umas casas da aldeia, no município de Dourados, por no mínimo 400 metros, até chegar na mata, que faz parte do município de Itaporã, onde foi jogado dentro do poço desativado.

Moradores da aldeia relataram que Juninho não tinha documentos e era usuário de drogas. Não há informações sobre motivações ou suspeitos para o crime. O caso foi registrado como morte a esclarecer na Delegacia de Polícia Civil e será investigado.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".