Terça, 19 de Junho de 2018

CONSEGUIRAM FUGIR

Homem é suspeito de manter as
duas esposas em cárcere privado

As vítimas são irmãs e têm filhos com o acusado

8 MAR 2018Por KAROL DUARTE18h:06

No Assentamento Eldorado, em Sidrolândia, cidade a 70 km de Campo Grande, duas irmãs, de 25 e 33 anos, eram casadas com o mesmo homem. Depois de três anos mantidas em cárcere privado, elas conseguiram fugir.

De acordo com o Sidrolândia News, as duas irmãs tinham filhos com o homem e mantinham um bom relacionamento. Vivendo aparentemente dentro da normalidade, o trio, juntamente com os filhos, moravam em um lote no Assentamento. 

Por ciúmes e desconfianças, a relação do trio entrou em colapso e o acusado as proibiu de utilizarem aparelhos celulares e internet, bem como de se comunicar com a família que mora no Paraná ou até mesmo sair de casa. Ele sempre as ameaçava de morte, até que elas conseguiram fugir e foram para a cidade.

Quando chegaram em Sidrolândia, elas conseguiram ajuda para comprar as passagem e, junto com os filhos, foram para o município de origem no estado do Paraná. O homem foi acusado de cárcere privado, sequestro e violência doméstica. 

Leia Também