Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

terreno baldio

Homem degolado em Jardim participou
de festa no dia do crime

Vítima, de 31 anos, chegou a beber com suspeito do assassinato

28 JUN 2017Por RODOLFO CÉSAR15h:51

O homem que morreu depois de ter sido degolado em terreno baldio em Jardim participou de festa perto do local do crime. A Polícia Civil identificou a vítima como sendo Adrenildo Martinez Mendonça, de 31 anos. O assassinato foi na noite de domingo (25), mas o corpo só foi localizado no dia seguinte, por volta das 7h.

O suspeito do homicídio já foi preso. Osvaldo Correa da Silva, 24 anos, assumiu para policiais militares e, posteriormente, na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Jardim, que brigou com Adrenildo durante uma festa e desferiu vários golpes de faca no pescoço da vítima.

A festa dada na noite de domingo aconteceu em casa que fica na Rua Três Lagoas, na Vila Angélica. No local moram Osvaldo Correa e outro homem, ambos trabalham no mesmo local. Já na segunda-feira (26), o suspeito do assassinato revelou para seu chefe direto, que é o dono da residência onde ele mora, que havia cometido "uma cag*", conforme informou PMs da Força Tática de Jardim.

Tanto Osvaldo, como o colega de casa e o chefe viajaram para Bonito no dia 26 por conta de trabalho e o suspeito não quis voltar para Jardim porque temia ser preso. Mesmo assim, durante trabalho de apuração e com apoio da Polícia Militar da cidade turística, o homem acabou preso e levado para a cidade onde ocorreu o assassinato.

"Questionado sobre o fato, Osvaldo relatou que na noite anterior (domingo) estava na residência, na companhia de um colega de casa e outros três indivíduos, que não soube informar o nome, ingerindo bebidas alcoólicas e ouvindo som. Sendo que a vítima, que ele não sabe o nome, teria iniciado uma discussão com ele e com os demais indivíduos, porém não deram continuidade na briga", relatou as autoridades em boletim de ocorrência.

"Ainda segundo Osvaldo, após todos os indivíduos terem ido embora e colega de casa ter ido dormir, por volta das 22h, a vítima retornou a sua residência e foi até ele na tentativa de agredi-lo, dando início a uma briga. Osvaldo puxou a vítima pelos pés até o terreno ao lado, onde desferiu golpes de faca no pescoço da vítima", completou os PMs que atenderam a ocorrência.

A equipe do Setor de Investigações Gerais (SIG) de Jardim também acompanhou a ocorrência, segundo informação da Polícia Civil. O delegado Alex Sandro Antônio, da 1ª Delegacia de Jardim, é o responsável por conduzir o inquérito.

Leia Também