Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

Cidadania

Com estoque quase zerado, Hemosul necessita de sangue O positivo e negativo

Doadores devem ser dirigir na unidade do Hemosul ou na Santa Casa

19 OUT 2017Por ALINE OLIVEIRA14h:01

Com estoque de bolsas quase zerado, a rede Hemosul precisa de doadores de sangue tipo O negativo e O positivo. Apesar da necessidade principal dessas tipagens, a rede destaca que é importante a doação de todos os tipos sanguíneos, já que o Hemosul abastece os principais hospitais do Estado.

Para doar sangue é preciso estar munido de um documento oficial com foto. Os doadores precisam ter entre 16 e 69 anos (menor de idade acompanhado de pai ou mãe ou responsável legal) e com peso mínimo de 55kg. 

Doenças que impedem a doação: doenças hematológicas, cardíacas, renais, pulmonares, hepáticas, autoimunes, diabetes, hipertireoidismo, hanseníase, tuberculose, câncer, sangramentos anormais, convulsões, ou portadores de doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue como Doença de Chagas, Hepatite, AIDS, Sífilis. Se estiver com gripe ou alergia deve esperar sete dias após sarar para doar sangue.

POSTOS DE DOAÇÃO

Em Campo Grande, as doações podem ser feitas diariamente, de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, e aos sábados das 7h ao 12h no Hemosul da Avenida Fernando Corrêa da Costa. Também é possível realizar a doação na Santa Casa, que funciona de segunda a quinta-feira das 7h às 11h e das 13h às 16h. Na sexta-feira a coleta de sangue é feita das 7h às 11h e das 13h.

 

Leia Também