Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

segunda, 18 de fevereiro de 2019 - 05h15min

PRESOS EM FLAGRANTE

Grupo do PCC rouba motorista, o faz refém por 5 horas e comete arrastão pela Capital

Segundo vítima, pelo menos seis criminosos se revezaram na ação

27 JAN 19 - 08h:04RENAN NUCCI e RENATA VOLPE HADDAD

Motorista de aplicativo de 31 anos foi mantido refém por cinco horas durante roubo de veículo na madrugada deste domingo, em Campo Grande. Os ladrões usaram o automóvel da vítima para fazer arrastão pela cidade, cometendo pelo menos mais cinco assaltos. O grupo, supostamente ligado à facção Primeiro Comando da Capital (PCC), foi preso pela Polícia Militar por volta das 7 horas da manhã.

Conforme relatos da própria vítima na delegacia, a esposa trabalha em um motel localizado no Jardim Leblon e ontem por volta das 22h50, ela o chamou para transportar um casal que estava no estabelecimento. Tal casal se desentendeu muito, tanto que embarcou somente por volta das 2 horas da manhã. Logo após entrarem no carro modelo Corsa Classic, os passageiros anunciaram roubo e ordenaram que o motorista fosse para o bairro Guanandi.

Eles compraram droga e orientaram que a vítima seguisse para a Vila Nhá-Nhá. Lá, a mulher desceu e outro homem embarcou, assumindo a direção e colocando o motorista no banco traseiro. Um deles dizia ser do PCC, que estava armado e que tinha extensa ficha criminal, motivo pelo qual não tinha nada a perder, por isso, a vítima não deveria reagir. Apesar de dizer estar com uma arma de fogo, o motorista viu apenas uma faca.

Com o refém, os ladrões cometeram mais cinco roubos, dentre o quais um na Rua Sete de Setembro, dois na Rua Calógeras em um ponto de ônibus, um na Avenida Manoel da Costa Lima e outro na Avenida Costa e Silva, tomando bolsas, carteiras e celulares. Conforme o motorista, durante a ação eles também passaram na rodoviária velha, no Amambai, onde os ladrões que estavam no carro saíram, dando lugar a outros comparsas. Ao todo, ele disse que seis bandidos se revezaram até por volta das 7 horas da manhã, quando houve a prisão.

Após a série de crimes, a PM conseguiu localizar o automóvel no cruzamento da Avenida Guaicurus com a Rua da Prata, no Jardim Centenário. Dois dos criminosos foram presos e a vítima libertada. Um deles, de 30 anos, era foragido da justiça e tem passagens por receptação, homicídio, roubo e furto. O outro, de 31 anos, tem passagens por furto, receptação e roubo e posse irregular de arma de fogo. O caso foi encaminhado à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da Vila PIratininga. A polícia ainda não divulgou os nomes dos criminosos.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Novos portos vão investir R$ 250 milhões em Murtinho
ECONOMIA

Novos portos vão investir R$ 250 milhões em Murtinho

Polo Empresarial Oeste é alvo de diagnóstico da Prefeitura
ECONOMIA

Polo Empresarial Oeste é alvo de diagnóstico da Prefeitura

BRASIL

Bombeiros localizam mais 2 vítimas de rompimento de barragem em Brumadinho

BRASIL

Ao menos quatro alunos de escolas militares obtêm liminar para entrar na USP

Mais Lidas