Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Crime organizado

Grupo arrendou hangar e montou até sala de jogos para servir de base para traficantes

Instalação no Aeroporto de São Gabriel dava apoio a aeronaves

11 AGO 17 - 07h:00DA REDAÇÃO

Grupo preso na semana passada pela Delegacia Especializada de Repressão ao Crime Organizado (Deco), durante a Operação Narcos, arrendou hangar em São Gabriel do Oeste por R$ 10 mil mensais para usar como entreposto do tráfico internacional de drogas.

Lá, os pilotos contavam com apartamentos e sala de jogos, além de oficina e um tanque para abastecimento de combustível comprado recentemente por R$ 20 mil.

A quadrilha operava a partir de Campo Grande há cerca de 1 ano, lavando o dinheiro ilegal por meio da aquisição de aeronaves. Ao todo eram seis, avaliadas de R$ 1 milhão a R$ 1,5 milhão cada.

Segundo a delegada Ana Cláudia Medina, responsável pelas investigações, o piloto Wadson Ranielly Fernandes liderava o bando por meio da empresa de fachada Dínamo Empreendimentos, localizada na Vilha Carvalho, na Capital.

Ele tinha apoio do gerente financeiro Wellington José Magalhães, que o auxiliava nas fraudes, bem como de um mecânico que operava sem autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e que se encontra foragido. Indícios apontam  ainda que a organização criminosa também cedia aeronaves e apoio logístico para outros traficantes, por isso tinha muitas.

*Leia reportagem, de Renan Nucci, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Oito bois morrem após caminhão que os transportava capotar na 'curva da morte'
BRASIL

Oito bois morrem após caminhão que os transportava capotar na 'curva da morte'

BRASIL

Fisiculturista de 22 anos espanca idoso de 65 após acidente de trânsito

Mulher é baleada por ex-marido e finge estar morta para sobreviver: 'Parei de respirar'
BRASIL

Mulher é baleada por ex-marido e finge estar morta para sobreviver: 'Parei de respirar'

BRASIL

Presidente dos EUA oferece a Bolsonaro ajuda à Amazônia

Mais Lidas