Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

VIOLÊNCIA

Grávida de 4 meses é encaminhada <br>ao hospital após apanhar do marido

Supeito confessou agressão e disse que se precisasse, bateria de novo
28/07/2017 18:19 - MARIANE CHIANEZI


 

Mulher de 21 anos e grávida de quatro meses foi agredida pelo marido, um rapaz de 29 anos, noite de ontem (27), em Batayporã. Com medo de perder a criança, ela teve de ser encaminhada às pressas para Hospital Regional em Nova Andradina.

Moradores vizinhos acionaram a Polícia Militar depois de verem a vítima sendo espancada pelo homem. Quando equipe chegou ao local onde casal mora, suspeito estava bastante alterado e confessou ter agredido a companheira.

Aos policiais, ele disse que “se precisasse, daria outra surra” na vítima. Ele foi preso em flagrante pelo crime de violência doméstica.

A grávida sofreu diversas lesões pelo corpo causadas por ponta-pés e chutes, além de ser jogada no chão.

Ela foi socorrida e levada até ao hospital da cidade vizinha. Reportagem entrou em contato com a unidade para saber o estado de saúde da paciente, mas ninguém atendeu o telefone.

Felpuda


Dois pedidos de desculpas, de autorias diferentes, foram assuntos muito comentados nas redes sociais com críticas ácidas às suas declarações, até porque os envolvidos não só os usaram despropositadamente, como tiveram de voltar a eles para se redimirem. Um deles, inclusive, quase criou uma crise política da-que-las, o que obrigou seu pai, figurinha carimbada, a pular miúdo para colocar panos quentes sobre a questão. Essa gente!...