Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 18 de novembro de 2018

Servidores

Governo vai parcelar dívida de
R$ 35 milhões com a previdência

Contribuição obrigatória em atraso será dividida em 60 parcelas

23 JUN 2017Por DA REDAÇÃO04h:00

O governo do Estado vai parcelar a dívida de R$ 35 milhões com o fundo previdenciário. De acordo com o Conselho Estadual de Previdência de Mato Grosso do Sul (Conprev), o parcelamento é previsto em lei e foi aceito em reunião na semana passada.

Com isso, a administração estadual não corre o risco de ficar sem repasses federais e perder o Certificado de Regularidade Previdenciária (CRP).

O presidente do conselho, Francisco Carlos de Assis, explicou que na semana passada o débito referente ao repasse dos 11% descontados do salário dos cerca de 8,4 mil servidores beneficiados pelo fundo previdenciário foi sanado.

Os R$ 20 milhões em atraso foram pagos pelo Executivo estadual. “O Poder Executivo regularizou os débitos relativos aos 11% dos servidores e a parte patronal, de 22%, foi solicitado parcelamento”, afirmou.

Todos os meses, 11% do salário de cada servidor é descontado para repasse ao fundo. O governo repassa, por sua vez, 22% sobre o valor de cada vencimento, também por servidor.

*Leia reportagem, de Lucia Morel, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também