Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE

Governo federal libera R$ 1,4 milhão em recursos atrasados

Prefeito explica que o repasse total soma R$ 5 milhões
20/06/2019 12:40 - ALINE OLIVEIRA


 

Durante entrevista concedida ao programa Povo na TV, nesta quinta-feira (20), o prefeito de Campo Grande, Marcos Marcello Trad (PSD), explicou ao apresentador, Tatá Marques que o município aguarda R$ 5 milhões em recursos do governo federal, cujos repasses estão atrasados desde fevereiro. 

"A fim de não comprometer o andamento das obras no córrego Anhanduí (Avenida Ernesto Geisel), tive que falar pessoalmente com o ministro e ontem (19 de junho) foram depositados na conta da prefeitura, R$ 1,4 milhão", relatou o chefe do Executivo Municipal.

Trad acrescentou que os R$ 3,6 milhões restantes serão depositados em até 60 dias, de forma parcelada. "Temos que ter muita criatividade e planejamento para investir nas necessidades básicas da cidade. Não há entrada de recursos federais e por isso, nossa maior fonte é o pagamento do IPTU", pontua.

REVITALIZAÇÃO URGENTE

A revitalização  do Rio Anhanduí é um projeto antigo, que se arrastava há pelo menos cinco anos. Ano passado, a Prefeitura recuperou os recursos alocados junto ao Ministério das Cidades e fez a licitação.  A obra faz parte de um conjunto de ações que beneficiará diretamente os moradores dos bairros Marcos Roberto, Jockey Clube, Jardim Paulista e Vila Progresso.

As obras de Revitalização do Rio Anhandui estão divididas em três lotes.  No lote 1 cerca de 75% do muro de gabião já está pronto. A expectativa é que neste lote o serviço fique pronto até o aniversário da cidade, no mês de agosto. Os outros dois lotes estão com 40 % do serviço concluído. O lote 3 deve ficar pronto até o fim do ano, já o lote 2 o cronograma de entrega é para junho de 2020. 

Estão previstas intervenções num trecho de dois quilômetros, entre as ruas Santa Adélia e do Aquário, com objetivo de recompor as margens do rio, mas também dentro do leito, com implantação de soleiras (espécies de degraus) para reduzir a velocidade da água e reter areia que desce das cabeceiras, evitando assim, o assoreamento e formação de bancos de areia.

"Além disso, serão construídas ciclovias e passarelas para pedestres trafegarem em segurança. Tudo foi planejado para oferecermos o melhor a população da região. Para se ter uma ideia, quando o projeto foi idealizado existia espaço para quatro faixas (de veículos), porém, a demora e a chuvas reduziram para três e na altura do shopping Norte Sul Plaza, só há espaço para duas faixas", conclui. 

Felpuda


Alguns políticos estão se aproveitando deste momento preocupante de pandemia para sugerir projetos oportunistas que, em alguns casos, são de resultados extremamente duvidosos. O mais interessante – para não dizer outra coisa – é que se for analisado o desempenho normal dessas figuras, verifica-se que essa preocupação toda nunca esteve no topo das suas prioridades. Ano eleitoral é assim mesmo. Lamentável!