Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sucata

Governo esquece aviões
e hangar vira ferro-velho

Das 12 aeronaves cedidas pela Justiça ao Estado, duas estão com manutenção em dia

30 NOV 14 - 00h:00DA REDAÇÃO

Das 12 aeronaves cedidas pela Justiça Federal e pela Justiça do Estado de São Paulo ao governo do Estado de Mato Grosso do Sul, dez não podem levantar voo. Entre os aviões que estão perecendo no hangar da Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), há uma aeronave cujo certificado de aeronavegabilidade venceu em abril de 2009 e, desde então, não foi mais renovado, porque a atual administração estadual não teve interesse. 

Na maioria dos casos, as aeronaves são cedidas ao governo do Estado, que fica com o status de fiel depositário. O juiz federal, Odilon de Oliveira, alerta para a responsabilidade da administração estadual nestes casos. “Todo fiel depositário tem obrigação de zelar pelo bem que está sob sua posse”, explica. 

A maioria das aeronaves cedidas ao governo de Mato Grosso do Sul pertencia a traficantes de droga. Elas vieram ao Estado por meio de convênios, que, quando foram lançados, tiveram ampla divulgação. A expectativa era para que fossem usadas no combate ao crime, em buscas e salvamentos, e também no transporte de autoridades. Hoje, somente dois destes aviões cumprem esta função.

A reportagem de Eduardo Miranda está na edição deste domingo (30) do jornal Correio do Estado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Adolescente é roubado e agredido no Parque do Sóter
ABANDONO E INSEGURANÇA

Adolescente é roubado e agredido no Parque do Sóter

Campo Grande tem 71 radares em operação; Veja locais
FISCALIZAÇÃO ELETRÔNICA

Campo Grande tem 71 radares em operação; Veja locais

Justiça nega liminar a advogados envolvidos em fraude milionária do Fies
VENDA DE VAGAS

Justiça nega liminar a advogados envolvidos em fraude milionária do Fies

Pagamento de dívidas é principal destino para saque do FGTS
SAQUE DO FGTS

Sul-mato-grossense quer usar R$ 500 para reformas e viagens

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião