Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

OPORTUNIDADE

Governo contrata profissionais da saúde em várias cidades

São 33 vagas distribuídas em todas as funções
24/08/2015 14:13 - DA REDAÇÃO


 

O Governo de Mato Grosso do Sul, por meio das secretarias de Estado de Administração e Desburocratização (SAD) e de Saúde (SES), abriu processo seletivo nesta segunda-feira (24) para contratação, por período determinado, de psicólogos, fonoaudiólogos, fisioterapeuta e terapeutas ocupacional.

São 33 vagas distribuídas em todas as funções. Os profissionais selecionados irão trabalhar na Rede Estadual de Ensino na prestação de assistência à saúde das crianças com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação. As inscrições tiveram início nesta segunda-feira (24) e vão até às 17h da próxima sexta-feira (28).

São 22 vagas para psicólogo, divididas nas cidades de Aquidauana (1), Campo Grande (15), Corumbá (1), Dourados (2), Jardim (1), Novo Horizonte do Sul (1) e Ponta Porã (1); 6 para fonoaudiólogos em Campo Grande; 1 para fisioterapeuta em Campo Grande; e 4 para terapeuta ocupacional, sendo 3 em Campo Grande e 1 em Ponta Porã.

Segundo a publicação, a remuneração oferecida é composta por: vencimento-base: R$ 1.748,15; adicional de função de 73,6% do vencimento-base; a de insalubridade de 10%, 20% ou 40% do menor vencimento do Poder Executivo, dependendo do Laudo Técnico Pericial; e produtividade SUS.

Mais detalhes sobre o processo seletivo, inscrições e funções podem ser obtidos nas páginas 2 e 3 do Diário Oficial do Estado desta segunda-feira.

Felpuda


Alguns políticos estão se aproveitando deste momento preocupante de pandemia para sugerir projetos oportunistas que, em alguns casos, são de resultados extremamente duvidosos. O mais interessante – para não dizer outra coisa – é que se for analisado o desempenho normal dessas figuras, verifica-se que essa preocupação toda nunca esteve no topo das suas prioridades. Ano eleitoral é assim mesmo. Lamentável!