Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORONAVÍRUS

Governo abre chamada emergencial para desenvolvimento de diagnósticos da Covid-19

Pesquisadores terão co-financiamento da Fundect para identificar novos agentes terapêuticos e sistemas de diagnóstico precoces
25/03/2020 13:59 - Glaucea Vaccari


Foi publicado no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul desta quarta-feira (25) chamada emergencial para seleção de pesquisadores vinculados a instituições de ensino superior ou pesquisa do Estado, com objetivo de desenvolvimento de diagnóstico e terapêutica para combater infecções por coronavírus.

Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul (Fundect), em parceria com o Conselho Nacional das Fundações de Amparo a Pesquisas Brasileiras (CONFAP) e a Innovative Medicines Initiative, em conjunto com a União Europeia e a European Federation of Pharmaceutical Industries and Associations (EFPIA), divulgou as diretrizes locais para a chamada.

A Chamada tem um caráter emergencial e estará aberta para instituições de pesquisa e/ou pesquisadores do Estado com co-financiamento do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul.

Conforme a publicação, o objetivo é selecionar pesquisadores com objetivo de identificar novos agentes terapêuticos e sistemas de diagnóstico precoces, eficazes e confiáveis relacionados ao novo Coronavírus (SAR-CoV-2). Fundect esclarece que o objetivo não é o desenvolvimento de uma vacina, nem aspectos epidemiológicos.

Coordenador principal deve submeter a proposta por meio do site da European Federation of Pharmaceutical Industries and Associations, para enquadramento, seguindo os critérios da chamada publicada pela Confap, que coordena a iniciativa no Brasil, até o dia 31 de março, as quais serão avaliadas pelo lado Europeu até 15 de abril 2020.

A Fundect participará como co-financiadora dos projetos aprovados, no valor global de R$ 500 mil em recursos oriundos do Estado.

 

Felpuda


Pré-candidato pode estar sendo “fritado” sem ao menos perceber. Redes sociais que têm estreitas ligações com ex-cabecinhas coroadas e que prometeram apoio estão enaltecendo que só certo pré-candidato de outro partido. Quem conhece as ditas figurinhas de, digamos, outros carnavais, acredita que está em curso operação sorrateira para mudar internamente os rumos da futura campanha. Trocando em miúdo: ceder a cabeça de chapa.