Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

GOLPE

Golpista tenta extorquir R$ 300 mil de construtor e vai preso

Acusado se passou por cliente para tentar levar grana fácil
31/07/2019 12:29 - RAFAEL RIBEIRO


A Polícia Civil de Três Lagoas prendeu em flagrante nesta terça-feira (30), um homem de 47 anos que se passou por cliente para tentar extorquir R$ 300 mil de um construtor.

Conforme o delegado Rodrigo Esperancini, responsável pelo caso, o acusado entrou em contato com a vítima, com o nome de Ricardo, dizendo que queria contratar um serviço de construção civil e marcou encontro próximo a um restaurante no Centro de Três Lagoas. Durante conversas, a vítima convidou o homem para olhar algumas construções.

Após visitarem algumas obras, o criminoso pediu para o construtor ir até um suposto terreno dele, onde o serviço fictício seria executado. Quando a vítima vistoriava o imóvel, um segundo indivíduo chegou ao local em um veículo Elantra, cor prata, portando uma arma de fogo, que posteriormente ficou comprovado ser um simulacro.

A dupla passou a ameaçar o construtor, dizendo que ele possuía uma dívida e que iria morrer, caso não pagasse a quantia de R$ 300 mil. A vítima pediu um tempo e apavorada chegou a arrumar parte do valor, R$ 10 mil, marcando para fazer a entrega do dinheiro na Avenida Fillinto Muller, no Centro da cidade.

A Polícia Civil tomou conhecimento do golpe e em uma ação conjunta entre policiais da 1ª Delegacia e do Setor de Investigações Gerais (SIG), conseguiu prender o criminoso em flagrante, no momento em pegava o dinheiro da vítima. Ele foi autuado por extorsão e roubo majorado.

Diligências estão sendo realizadas pela Polícia Civil que agora tenta localizar e prender o segundo envolvido no crime.

Felpuda


Figurinha começou a respirar aliviada, embora ainda esteja na corda bamba. Isso porque mudou de mãos o processo cuja sentença poderá mandá-la para casa definitivamente. Assim, pela “jurisprudência” com a qual o “analista” é conhecido, pode ser que o resultado seja bastante favorável, permitindo que a então desesperada pessoa continue com o assento em Brasília. Vamos ver!