Campo Grande - MS, quarta, 22 de agosto de 2018

RISCO

Geada seca vegetação, favorece queimadas e bombeiros trabalham em regime de alerta

Militares orientam população sobre cuidados para evitar focos de incêndio

23 JUL 2017Por GLAUCEA VACCARI18h:00

Depois de uma semana fria em todo Mato Grosso do Sul, com geadas em pelo menos 19 municípios, calor volta a predominar durante esta semana no Estado. As condições atmosféricas do período aliadas à secagem da vegetação, acelerada pela geada, favorecem a ocorrência de incêndios florestais. Por conta da situação, Corpo de Bombeiros trabalha em regime de alerta.

Chefe do Centro de Proteção Ambiental do Corpo de Bombeiros Militar de MS, Tenente-coronel Waldemir Moreira Júnior, de Corumbá, afirma que militares já estão com equipes extras nos quartéis, de modo preventivo.

“A geada queima a vegetação e deixa ela toda seca em uma semana, criando combustível para os incêndios”, explicou.

Segundo o militar, Corpo de Bombeiros trabalha com monitoramento das condições climáticas porque fatores como temperatura, vento e umidade relativa do ar influenciam diretamente nos focos de calor, início e propagação das queimadas.

Apesar da intensificação de queimadas em zonas rurais, cuidado deve ser redobrado também na área urbana.

Além de ser crime ambiental limpar terrenos com fogo, a baixa umidade do ar faz com que pequenos focos de incêndio se espalhem rapidamente.

“Tudo fica mais vulnerável a incêndios, inclusive materiais comuns usados nas residências no dia a dia. Quando a umidade relativa do ar está alta isso não ocorre com tanta facilidade, mas com o tempo seco, o fogo também se espalha mais rápido”, alertou Moreira Júnior.

Para evitar problemas, orientação é que a população adote medidas de prevenção, principalmente em relação a materiais mais propensos ao fogo, como madeira, papel e tecido.

Também é recomendado não atear fogo em quintais ou terrenos baldios; criar aceiros nos terrenos, com limpeza da vegetação num espaço de 1,5 metro ao redor para evitar que incêndios vizinhos consigam se propagar; recolher as folhas secas em sacos de lixo e não jogar bitucas de cigarro em locais onde há vegetação que possa servir de combustível.

Em casos de incêndio ou princípio de incêndio, população deve acionar imediatamente os bombeiros, pelo número 193.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também