NA PORTA DA ESCOLA

Garota diz que não tem como comprar e ganha maconha <br> de traficante

Adolescente foi abordada na saída da escola; caso foi descoberto pelo pai da garota
09/09/2015 10:00 - LAURA HOLSBACK


Adolescente, cuja idade não foi divulgada pela polícia, foi abordada por traficante quando saía de escola e ganhou porção de maconha para consumo. A garota recebeu a droga depois de dizer que não tinha dinheiro para comprá-la. O fato aconteceu na manhã de ontem (8), na cidade de Chapadão do Sul.

Conforme registro policial, o fato foi descoberto pelo pai da adolescente que a flagrou usando o entorpecente. O homem participava de uma confraternização, durante a noite, na oficina onde trabalha e, em determinado momento, sentiu falta da filha. Ao procurá-la, a encontrou usando maconha com uma amiga.

Questionada sobre o entorpecente, ela contou que havia ganhado de um homem depois de ter a porção oferecida para compra e dizer não tinha dinheiro, na saída escola.

O traficante seria morador na área rural da cidade. A polícia investiga o crime.

 

 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".