Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

JBS

Funcionários de frigorífico vão em carreata para novo protesto na Assembleia

Eles temem demissões em massa após bloqueio judicial das contas do JBS

19 OUT 2017Por MARESSA MENDONÇA08h:10

Trabalhadores de frigoríficos participam de novo protesto na Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (19). Eles se concentraram na saída para Aquidauana e seguem em carreata até a Casa de Leis. A manifestação está relacionada ao risco de demissões em massa após bloqueio judicial das contas do JBS.

Representante do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Carne e Derivados de Campo Grande, Wilson Gimenez Gregório, informou que a expectativa é da adesão de quatro mil funcionários ao protesto. Eles devem passar no centro da cidade antes de seguirem para a Assembleia.

“Vamos conversar com os deputados da CPI para ver o que vai acontecer com a gente”, declarou ele, se referindo aos integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito da JBS que, conseguiram na Justiça o bloqueio de R$ 6,5 milhões em valores da empresa.

Esta não é a primeira vez que os trabalhadores vão até a Assembleia Legislativa. Na última terça-feira (17), eles lotaram o Legislativo na tentativa de pressionar parlamentares a pedirem o desbloqueio dos bens e das contas da empresa.

Os representantes dos funcionários disseram que temem que os bloqueios em contas bancárias dos frigoríficos resultem em atrasos de salários e até demissões.

A CPI da JBS é formada pelos deputados estaduais Paulo Corrêa (PR), presidente da comissão, Eduardo Rocha (PMDB), relator Paulo Siufi (PMDB), Flávio Kayatt (PSDB) e Pedro Kemp (PT).  

Leia Também