Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MUDANÇA

Funcionamento do ônibus Saladão mudará por conta dos feriados

Esta semana e a próxima tem feriado nas quintas-feiras
10/06/2019 17:16 - FÁBIO ORUÊ


 

Devido ao feriado desta semana, em comemoração ao dia de Santo Antônio (13), padroeiro de Campo Grande, e do próximo dia 20, feriado de Corpus Christi, o ônibus Saladão funcionará nesta quarta-feira (12) e na próxima semana (19), das 6h às 18h. Ambos feriados serão numa quinta-feira e na sexta a Prefeitura decretou ponto facultativo.

Conforme a Prefeitura da Capital, os pontos onde o hortifruti móvel atende são: Rua Alexandre Farah (ao lado do Santuário Perpétuo Socorro) Bairro Amambaí; Praça do Peixe, Bairro Villas Boas; e rua Onicieto Severo Monteiro, nº 460, em frente da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Vila Margarida.

O programa Saladão proporciona fomento à horticultura e fortalecimento da agricultura familiar de Campo Grande, através de apoio logístico com transporte de hortifrutis do campo para os locais de comercialização e divulgação junto à comunidade.

Criado pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia (Sedesc), o ônibus Saladão comercializa os produtos da agricultura familiar em três dias da semana – 4ª, 5ª e 6ª, das 6h às 18h e é abastecido no dia das vendas durante a madrugada. O caminhão refrigerado utilizado pelo Programa vai às propriedades rurais buscar os hortifrutis que são colhidos no dia da comercialização.

Três comunidades rurais fornecem produtos para o Programa Saladão: Associação da Comunidade Sucuri, Associação dos Produtores de Orgânicos (Organocoop) e Comunidade de Produtores Rurais de Rochedinho.

Felpuda


Malfeitos que teriam sido praticados em tempos não tão remotos podem ser a pedra no caminho de pré-candidatura que está sendo costurada. As conversas ainda estão nas “ondas da rádio-peão”, mas, com a proximidade da campanha eleitoral, há quem diga que isso se tornará uma tremenda dor de cabeça para quem vai enfrentar as urnas. Pior:  o dito não seria culpado direto, mas sim a sua...  Bem, deixa rolar para ver onde vai parar.