Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Capital e interior

Frigoríficos da JBS têm vazamentos
de amônia e incidente deixa feridos

Situação mais grave aconteceu em unidade de Ponta Porã

30 MAI 17 - 19h:11BÁRBARA CAVALCANTI

A unidade da JBS em Ponta Porã  teve vazamento de amônia na manhã de hoje. Conforme informações da assessoria do Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, 27 pessoas foram intoxicadas e socorridas. Este foi o segundo vazamento só nesta terça-feira (30) em unidades distintas da empresa. Também houve problema em Campo Grande, na indústria que fica na saída para Sidrolândia.

De acordo com os Bombeiros, o vazamento no interior aconteceu por volta das 10h da manhã e foi mobilizado efetivo de sete viaturas e 11 militares.

Antes mesmo da chegada do socorro, o local já havia sido evacuado e nenhuma pessoa foi encontrada dentro da unidade, inclusive algumas já socorridas pelos próprios funcionários.

“O local ficou isolado por três horas, mas já foi liberado no mesmo dia. O Corpo de Bombeiros encaminhou 15 pessoas para o Hospital Regional”, informou o subcomandante em Ponta Porã, tenente Souza Neto.

O boletim médico divulgado pelo Hospital Regional em Ponta Porã informou que o total de 27 pacientes intoxicados pela amônia estavam estáveis e em observação. Às 16h, todos tinham passado por reavaliação médica e alguns já tinham sido liberados.

A JBS informou que apurava informações sobre o ocorrido em Ponta Porã e não divulgou posicionamento sobre o acidente até o fechamento desta matéria.

CAMPO GRANDE

O outro vazamento de amônia aconteceu também nesta manhã, só que na unidade da JBS em Campo Grande e mobilizou pelo menos quatro equipes do Corpo de Bombeiros. De acordo com informações dos militares, vazamento ocorreu em pequena escala e não houve feridos.

Ainda conforme os Bombeiros que estavam no local, funcionários faziam a manutenção de rotina na câmara denominada 11. Depois de ela ser fechada, houve pequeno vazamento de amônia, mas que foi controlado pela própria equipe técnica de segurança da empresa.

A Tenente do Corpo de Bombeiros Juliana Ribeiro informou que foi preciso deixar a câmara aberta para ventilação e confirmou que ninguém ficou ferido.

Conforme posicionamento da empresa, “nenhum colaborador foi afetado, e a unidade funciona normalmente sem nenhum risco às pessoas e à operação da planta”. Já sobre o motivo do acidente, nota diz que “as causas do ocorrido estão sendo apuradas”.

VAZAMENTOS

Esses incidentes ligados à amônia em frigoríficos da JBS já somam quatro ocorrências só neste ano. O primeiro aconteceu em fevereiro, em unidade instalada em Bataguassu. Pelo menos 20 pessoas foram intoxicadas na época.

Funcionários relataram que os alarmes de evacuação da unidade foram soados e todos os trabalhadores saíram rapidamente do local, porém, alguns inalaram o gás e chegaram a desmaiar no interior da empresa. 

Houve também outro vazamento na Capital, que deixou em torno de 100 feridos. Esse caso aconteceu em 6 de abril e a empresa foi multada em R$ 1 milhão.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Procon/MS notifica CCR-MSVias sobre reclamações de usuários
IRREGULARIDADES PEDÁGIO

CCR-MSVias é notificada por falta de pessoal e troco

Sobrinho mata tia com 24 golpes de faca de cozinha no Santo Amaro
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Sobrinho mata tia com 24 golpes de faca de cozinha

Resultado de incentivo para fábrica de cerveja sai na quarta (24)
TRÊS LAGOAS

Incentivo fiscal para fábrica de cerveja sai na quarta (24)

Sábado com sol e temperatura em elevação na Capital
PREVISÃO DO TEMPO

Sábado com sol e temperatura em elevação na Capital

Mais Lidas