Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

BATAYPORÃ

Frigorífico que pegou fogo é multado em R$ 150 mil pelo Corpo de Bombeiros

Corporação afirma que rede de hidrantes estava irregular e empresa atuava sem certificação

21 AGO 15 - 18h:00GABRIEL MAYMONE

O frigorífico Minerva, localizado às margens da MS-234, em Batayporã (MS), destruído depois de incêndio na última quarta-feira (19), foi multado em R$ 150 mil pelo Corpo de Bombeiros. O capitão Pablo Diego, dos bombeiros, informou que foi aberto um processo administrativo e que a Minerva Foods tem 15 dias para efetuar o pagamento da multa ou recorrer. As informações são do Nova News.

O capitão explicou que o valor da autuação foi calculado tendo como justificativa o fato de a rede de hidrantes da unidade estar irregular e pelo fato de a empresa estar atuando sem certificação desde janeiro de 2015, portanto, nas palavras do militar, levando em conta que o Minerva encerrou suas atividades em julho, conclui-se que os funcionários trabalharam por cerca de seis meses em uma estrutura considerada de risco.

Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, outros critérios como o poder econômico da empresa e o tamanho da estrutura também influenciaram nos cálculos. 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Temporal atinge Campo Grande e Defesa Civil emite alerta
CHUVA FORTE

Temporal atinge Campo Grande e Defesa Civil emite alerta

Por dia, CCZ recebe 19 pedidos para exterminar escorpiões em residências
CAMPO GRANDE

Por dia, CCZ recebe 19 pedidos para exterminar escorpiões em residências

Sisu: MEC libera acesso ao resultado; Confira
APÓS DECISÃO DO STJ

Sisu: MEC libera acesso ao resultado; Confira

Justiça suspende bloqueio de R$ 13,2 milhões em bens de sócios da Solurb
REVIRAVOLTA

Justiça suspende bloqueio de R$ 13,2 milhões em bens de sócios da Solurb

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião