Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MUDANÇA NO TEMPO

Frente fria chega, mas onda de calor volta no fim de semana

Há previsão de pancadas de chuva para esta quinta-feira
11/09/2019 18:33 - GLAUCEA VACCARI


 

Com temperaturas acima de 40°C e sensação de até 46°C, esta quarta-feira (11) foi o dia mais quente do ano em Mato Grosso do Sul, segundo o meteorologista Natálio Abrahão. A onda de calor que atinge o Estado deve dar uma trégua a partir desta quinta-feira (12), quando a chegada de uma frente fria promove uma breve mudança no tempo.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o tempo muda a partir do sul e oeste do estado com a chegada de uma fraca frente fria pela fronteira com o Paraguai. Apesar de não ser tão intensa, deve haver aumento de nebulosidade e umidade, queda nas temperaturas, rajadas de vento e possibilidade de chuva rápida em pontos isolados.

Tempo continua seco, com umidade relativa do ar ainda abaixo de 30%, apesar de discreta melhora nos índices, que têm ficado em torno de 15% no Estado. Hoje, a umidade atingiu situação de pré emergência em 28 localidades, com 13%. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o ideal para não prejudicar a saúde humana é que umidade no ar fique acima dos 60%.

Em Campo Grande, o calor continua, com sol forte durante o dia e possibilidade de chuva isoladas e de fraca intensidade entre a tarde e noite. Temperaturas variam entre 21°C e 33°C.

Na sexta-feira está previsto o amanhecer mais frio da semana, mas as temperaturas voltam a subir rapidamente já durante a manhã, com rápida dissipação da nebulosidade e da estrutura do sistema frontal.

A frente fria perde força e o fim de semana volta a ser muito quente, com novo período de onda de calor e baixa umidade do ar de forma generalizada em todo o Estado, com máximas acima de 40°C.

Felpuda


As várias e várias mensagens que vêm sendo trocadas em grupos fechados, e para poucos, são de que algumas alianças poderão acontecer, mas mediante a troca de comando em alguns órgãos importantes. Seriam entendimentos para atender siglas de matizes bem diversos que vêm tentando criar dificuldades para vender facilidades. Se as negociações forem concretizadas, tornarão os caminhos sem muitas barreiras. A conferir.