INSEGURANÇA FRONTEIRA

Fórum de Coronel Sapucaia corre o risco de ser fechado por insegurança

TJ/MS considera local de alto risco para servidores
17/05/2019 15:18 - ALINE OLIVEIRA


 

O fórum de Coronel Sapucaia, localizado no município distante 398 quilômetros de Campo Grande e que faz fronteira seca com Capitan Bado, corre o risco de encerrar as atividades.

A decisão do fechamento partiu do presidente do Tribunal de Justiça de MS (TJ/MS), em razão da falta de segurança dos servidores e da atuação de grupos criminosos armados com fuzis e escopetas. 

Com intuito de encontrar uma alternativa que evite o fechamento do fórum inaugurado em janeiro deste ano, os deputados da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul mobilizaram uma reunião na quinta-feira (16), com o presidente, Paschoal Carmello Leandro e com o prefeito de Coronel Sapucaia, Rudi Paetzold (MDB), para discutir o assunto.

Atendendo a solicitação dos parlamentares, o desembargador decidiu prorrogar por um mes, o fechamento da unidade. O presidente da AL/MS, deputado Paulo Corrêa, explicou que o grupo tentará manter aberto o fórum e já solicitou apoio dos senadores de Mato Grosso do Sul. 

"Nossa primeira agenda será com o governador Reinaldo Azambuja e depois com nossos representantes no senado. Eles já sinalizaram que vão recorrer ao ministro da Justiça, Sérgio Moro e o presidente, Jair Bolsonaro", esclarece. 

Também participaram da reunião os deputados Pedro Kemp (PT), Coronel David (PSL), Londres Machado (PSD) e Eduardo Rocha (MDB)

POSIÇÃO TJ/MS

No entendimento de Carmello, a reunião foi produtiva e considera importante que os poderes Judiciário, Legislativo e Executivo busquem juntos, uma solução para o impasse. 

“Nossa decisão de desativar a comarca, pelo menos temporariamente, é justamente em razão da falta de segurança. É uma fronteira bastante perigosa e nós precisamos a compreensão de nossas autoridades para garantir segurança aos funcionários do Fórum e a toda população de Coronel Sapucaia”, argumenta.

O prefeito Rudi Paetzold deixou a reunião com certo alívio. “A população de Coronel Sapucaia estava muito preocupada com o fechamento do fórum”, disse o gestor municipal, que considerou que houve, na reunião, avanço significativo para solucionar o problema. "Se caso esse fórum fechar será uma perda enorme para nossa cidade. Nós, que estamos na fronteira, precisamos muito essa situação seja resolvida”, completou.

MANIFESTAÇÃO

No dia 7 de maio, representantes do comércio, poder público e população realizaram uma manifestação pedindo apoio do governo do estado, no sentido de aumentar a segurança pública na cidade. Atualmente, uma viatura e quatro policiais cuidam da segurança da cidade que soma quase 15 mil habitantes. 

*Com informações da Ascom Assembleia Legislativa

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".