Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PANTANAL

Focos de calor são extintos e força-tarefa contra queimadas é desativada

Sobrevoo no Pantanal constatou fim dos incêndios florestais no bioma
28/09/2019 17:43 - GLAUCEA VACCARI


 

Força-tarefa criada para combater o incêndio no Pantanal foi desmobilizada neste sábado (28), devido a extinção de focos de calor. Com o fim da operação, helicóptero cedido pelo Governo de São Paulo retornou à base hoje, enquanto o avião do Distrito Federal permanece no Estado até domingo (29).

As aeronaves sobrevoaram ontem as áreas atingidas por incêndios e constataram que os focos foram extintos no Pantanal, onde ocorreram as queimadas mais intensas desde agosto, que levaram o governo do Estado a decretar situação de emergência e solicitar ajuda dos estados vizinhos. 

No sobrevoo, foi identificado um pequeno foco na pequeno foco na Fazenda Porto Ciríaco, entre os pantanais de Corumbá e Aquidauana, qque extinto após ação de uma equipe de brigadistas transportada ao local pelo helicóptero. As frentes de combate permaneceram em alerta até este sábado, até serem desmobilizadas após não ser constatado nenhuma nova queimada. 

“O monitoramento aéreo e o trabalho de rescaldo nas últimas 72h nos deram tranquilidade para a tomada de decisão”, informou o tenente-coronel Huesley Pinto da Silva, que esteve à frente da Sala de Situação do Sistema de Comando de Incidentes (SGI), montada no quartel do Corpo de Bombeiros de Aquidauana. 

Com a desmobilização da força-tarefa, a partir deste sábado e vigilância e a operação anti-incêndios serão assumidas por cada unidade do Corpo de Bombeiros.

Força-tarefa contou com a participação de quase 500 brigadistas, sendo 300 somente do Corpo de Bombeiros do Estado e 34 da corporação do Distrito Federal.

QUEIMADAS

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Mato Grosso do Sul é o sexto Estado com maior número de focos de calor no mês de setembro, centrando 7,7% dos incêndios florestais do País. 

Corumbá liderou a lista de municípios com mais focos de queimadas em todo o Brasil.  Outros dois municípios do Estado também integraram a lista de cidades com mais focos em setembro: Porto Murtinho e Aquidauana. 

O aumento nos incêndios florestais deixou o Estado no nível de risco crítico para queimadas, o que levou o governo a decretar situação de emergência  contemplando parte das áreas rurais dos municípios de Aquidauana, Anastácio, Dois Irmãos do Buriti, Corumbá, Ladário, Bonito, Miranda, Porto Murtinho e Bodoquena. 

Felpuda


Espalhar notícias ruins tornou-se muito mais rápido com o uso da tecnologia, e, além disso, não se trata mais de ações dos adversários. Isso é o que pôde ser visto ultimamente, quando a tchurminha do “aliado” tratou de deixar muita gente informada sobre o que a chamada "grande imprensa” tinha publicado, enviando notícias pelo WhatsApp e postando nas mídias sociais. E assim caminha a humanidade...