DEVOÇÃO AO PADROEIRO

Fieis formam fila “quilométrica” em busca de bolo de Santo Antônio

Sete mil pedaços devem ser distribuídos hoje, prevê organização
13/06/2019 10:18 - DANIELLA ARRUDA


 

Com a expectativa de encontrar alguma das 1,2 mil alianças distribuídas nos 25 metros de bolo, centenas de fiéis fazem fila desde as 6h da manhã desta quinta-feira na Paróquia Santo Antônio, na região central de Campo Grande. A distribuição do bolo de Santo Antônio, tradição que tem mais de 30 anos na Capital, começou por volta das 7h30min, com cerca de 400 pessoas já aguardando pelas primeiras fatias. A fila, iniciando pela Travessa Lídia Baís, chegou a ficar próxima do cruzamento da Rua Calógeras com a Rua 7 de Setembro.

Em pouco tempo, as primeiras exclamações de alegria e comemorações coletivas ou individuais por causa do achado das tão esperadas alianças já podiam ser ouvidos entre a multidão, entre eles o da cuidadora de idosos Edmeire Ocampos, 44 anos. “Vim aqui em busca de bênçãos”, contou. Separada há 10 anos, ela tem três filhos e um netinho, que completa dois anos no final desse mês. 

Esse foi o primeiro ano que Edmeire veio à distribuição do bolo, aproveitando a saída do trabalho. “Cheguei às 6h30. Eu trabalho no centro e aproveitei para comprar quatro fatias, para mim e para minha patroa”, explicou.

INTERCESSÃO

Entre os cerca de 100 voluntários que participam da distribuição do bolo, não faltam histórias de quem transformou a própria vida depois de achar a aliança. É o caso da funcionária pública Laura Maria da Costa Cândido, 33 anos. "No ano retrasado, eu estava viajando e a Ana (Paula Navarro, chef responsável atualmente pelo bolo de Santo Antônio) comprou uma fatia para mim. Quando voltei de viagem, fui à casa dela com o meu namorado, comer o bolo e achamos a aliança”, conta.

Laura vai se casar na próxima semana e terá como madrinha a própria Ana Navarro. Para quem deseja ter o mesmo desfecho, ela aconselha: “tem que vir, ter fé e acreditar, mas também precisa saber pedir, acreditando que o plano de Deus é o certo”, completou.

TRADIÇÃO

Relações públicas da equipe de organização e montagem do bolo de Santo Antônio, Pedro Fenelon participa da produção da tradicional iguaria comemorativa ao dia do padroeiro de Campo Grande há pelo menos 20 anos. Dessa época, lembra que o bolo tinha 5 metros.

A tradição foi se expandindo e o tamanho do bolo também: neste ano, são 25 metros e 1 tonelada de massa, devendo ser distribuídas 7 mil fatias. No ano passado, a distribuição foi até as 14h30min.

Cada fatia é vendida pelo valor de R$ 5 e os fundos serão revertidos para a construção do sítio para os acampamentos católicos da paróquia.

SANTO CASAMENTEIRO

Santo Antônio de Lisboa, ou Santo Antônio de Pádua, nasceu em Lisboa no dia 15 de agosto, provavelmente entre os anos de 1191 e 1195. Este é considerado um dos santos mais populares entre os brasileiros e portugueses. No Brasil, Santo Antônio é conhecido por ser o "Santo Casamenteiro", sendo que o Dia dos Namorados é comemorado no dia 12 de junho no Brasil por ser a véspera do Dia de Santo Antônio.

De acordo com a crendice popular brasileira, neste dia as pessoas que desejam casar ou conseguir um namorado preparam simpatias para Santo Antônio, acompanhadas de orações.

 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".