Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 10 de dezembro de 2018

DEVOÇÃO PADROEIRO

Fiéis fazem fila para encontrar aliança no bolo de Santo Antônio

Foram distribuídos 8 mil pedaços de bolo com mais de mil alianças

13 JUN 2018Por TAINÁ JARA09h:22

Fiéis fizeram fila desde cedo, nesta quarta-feira, para não ficar sem um dos 8 mil pedaços de bolos distribuídos tradicionalmente pela Paróquia Santo Antônio, na região central de Campo Grande. A expectativa era encontrar uma das 1.100 alianças distribuídas nos 23 metros de bolo. O evento é realizado há mais de 30 anos em razão do dia do santo conhecido como casamenteiro. 

Apesar dos esforços dos organizadores para unir casais pelo matrimônio, a impressão é de que estava mais fácil achar aliança no bolo do que candidato a marido. Sorte não faltou para o grupo de amigas que enfrentou a fila pela primeira vez. Bastou que cada uma das estudantes Isabela Caldeira, 25 anos, e Yasmin Enokida, 25 anos, comprassem um pedaço de bolo para serem contempladas com as alianças. Apesar disto, elas ainda estão a procura de candidatos. “Não planejo casar e ainda não tenho noivo”, afirmou Isabela.

Algumas acreditam que persistir na fé do santo pode ajudar a melhorar a situação. A estudante Jozenir Gonçalves Rossedo, 26 anos, levou logo 25 pedaços para casa para não perder a chance de achar uma aliança pelo segundo ano consecutivo. “O bolo a família ajuda a comer”.

A também estudante Fabíola Falcão Pires, 45 anos, participa do evento há sete anos, assim como nesta edição, ela já teve a surpresa de encontrar a aliança, mas o candidato a marido ainda não ainda não apareceu. “Já achei a aliança, mas estou preparada para comprar mais um”.  

Se há os que ainda procuram pela graça do matrimônio, há aqueles que já foram comtemplados e outros que nem precisaram da aliança do santo para encontrar a cara metade. O técnico em telefônica, Rubens dos Santos Castelani, 60 anos, foi comprar o bolo para as filhas. Um delas se casou no ano em que encontrou a aliança. “Agora estou buscando um pedaço para a outra filha que também quer casar”.

O casal Sara Macedo, 23 anos, e Cristian Oliveira, 34 anos, estão juntos há oito anos e com casamento marcado para o próximo mês de novembro, porém, fazem questão de receber a benção de Santo Antônio. “Viemos pelo segundo ano consecutivo. Não achamos aliança, mas participamos da trezena”. Trezena é a série de 13 missas faz parte das celebrações ao santo realizadas pela paróquia.
    

 
  • Foto Álvaro Rezende / Correio do Estado
  • Foto Álvaro Rezende / Correio do Estado
  • Foto Álvaro Rezende / Correio do Estado
  • Foto Álvaro Rezende / Correio do Estado
  • Foto Álvaro Rezende / Correio do Estado
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também