BONITO

Festival de Inverno leva apresentações em áreas rurais

Proposta é contemplar comunidades mais distantes do município
26/05/2019 10:00 - ALINE OLIVEIRA


 

A edição 2019, do Festival de Inverno de Bonito terá uma iniciativa inédita para contemplar a participação de assentamentos e distritos da região. Algumas das apresentações que vão de teatro infantil de bonecos até circo de variedades contemplarão essas localidades, a fim levar a programação até os moradores que tem mais dificuldade para se locomoverem até a cidade. 

“O Festival de Bonito é um momento ímpar para a Cultura de Mato Grosso do Sul, e levar teatro, circo e dança não só para a população do Estado e para os turistas do Brasil e do mundo, mas também para os bairros e lugares onde o acesso a essas apresentações é mais difícil, é muito importante e gratificante”, afirma Mara Caseiro, diretora-presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul.

A programação começa no dia 20 de julho, no Distrito Águas de Miranda, com o espetáculo “Iara – O encanto das águas”, da Cia Lumiato. Este espetáculo infanto-juvenil de teatro de sombras, inspirado na lenda da Iara, a sereia brasileira, e nos saberes da tradição oral dos povos originários do Brasil, é de classificação livre, com 40 minutos de duração.

A encenação usa a dinâmica cinematográfica, onde o espectador tem a impressão de estar assistindo um filme. A narrativa é de fácil entendimento, utilizando pouco texto. Depois da apresentação o público pode ver de perto o material cênico do espetáculo e bater um papo com os artistas. A direção, dramaturgia e cenografia  é de Alexandre Fávero, encenada pelos atores sombristas Thiago Bresani e Soledad Garcia.

O espetáculo será apresentado também no dia 21, no  Assentamento Guaicurus e no dia 25, na Caixa Cênica, em Bonito. A Cia Lumiato ministra uma Oficina de teatro de sombras nos dias 22, 23 e 24 de julho, das 18 às 22 horas.

A Cia Trucks, de São Paulo, traz o espetáculo “Expedição Pacífico” para o Festival. No dia 22, a apresentação será na Vila Machado, às 18 horas; no dia 23, no Bairro Planalto e Vila América, às 18 horas; no dia 24, no Bairro Marambaia, às 18 horas e no dia 26, na Caixa Cênica, em Bonito.  

*Com informações da Assessoria de Imprensa

 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".