Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CAMPO GRANDE

Falta de estrutura em unidade penal coloca funcionários e presos em risco

Agepen diz que projeto de renovação do sistema já foi realizado

16 MAR 19 - 16h:15LUANA RODRIGUES

O Instituto Penal de Campo Grande (IPCG) enfrenta problemas. O presídio de segurança média, destinado a presos condenados do sexo masculino e que cumprem pena em regime fechado, tem apenas uma câmera funcionando, parte elétrica danificada e um gerador quebrado. A situação assusta funcionários, que temem pela própria segurança diante da falta de estrutura para monitorar os detentos.

“Sempre ficamos à mercê de apagões. Se cai a energia, ninguém enxerga nada e é aí que pode acontecer de tudo, fica mais fácil para acontecer uma tragédia”, considera um servidor que pediu para não ser identificado.

A Agepen não nega a situação e diz que já foi realizado projeto de renovação do sistema de câmeras para cobrir todo o presídio, com recursos do Fundo Penitenciário Estadual (Funpes). Ainda conforme a agência, também está em fase de projeto para financiamento pelo Fundo a compra de um novo gerador e de eficiência energética. “Faltam somente trâmites burocráticos, mas a unidade conta com refletores movidos a bateria e também possui uma torre interna de vigilância”, explicou a assessoria de imprensa.

O Correio do Estado questionou como está o monitoramento de outros presídios do Estado, e a Agepen informou que todas as unidades prisionais contam com câmeras, porém, detalhes como a quantidade que há em cada uma delas não são divulgados por questões de segurança. 

Atualmente, Mato Grosso do Sul tem 18.027 detentos, quase três vezes mais do que a capacidade dos presídios, que é para 9.068 presos. O Estado é o primeiro do Brasil no ranking dos que apresentam a maior taxa de encarceramento. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Agressores de mulheres não poderão tirar carteira de advogado, diz OAB

STJ mantém efeitos de liminar que revogou prisão de Puccinelli
MÉRITO

STJ mantém efeitos de liminar que revogou prisão de André

Parceria entre governo e prefeitura terá R$ 170 milhões para obras
JUNTOS POR CAMPO GRANDE II

Convênio garante R$ 170 milhões para obras na Capital

Preso da Capital é apontado como liderança do PCC de Minas
ALVO DE OPERAÇÃO

Preso da Capital é apontado como liderança do PCC de MG

Mais Lidas