Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

INVESTIGAÇÕES

Ex-superintendente da gestão Puccinelli foi morto por mulher em motel

Corpo foi identificado como Daniel Nantes Abuchaim

20 NOV 18 - 10h:43RENAN NUCCI

Foi identificado como Daniel Nantes Abuchaim o homem encontrado morto no início da tarde de ontem, na rua Desembargador Leão Neto do Carmo, no bairro Taquaral Bosque. Completamente nu, estava às margens da rua de terra, cerca de 1 quilômetro do asfalto da BR-163. Ele era ex-superintendente de Gestão de Informação da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), na gestão de André Puccinelli, e respondia processo por improbidade administrativa com o ex-governador.

De acordo com polícia, a vítima foi vista pela última vez em motel com uma mulher, tida por enquanto como suspeita. Ela saiu sozinha do local e mais tarde o corpo do homem foi encontrado. A suspeita é de que Daniel tenha sido morto a facadas no motel e depois abandonado.

O Grupo de Operações e Investigações (GOI) da Polícia Civil já identificou a suspeita, mas ainda não há informações sobre prisão. Conforme noticiado ontem, não houve nenhuma tentativa de esconder o corpo da vítima. Ele foi descartado na beira da rua apenas com uma calça sob o cadáver, com várias manchas de sangue pelo corpo.

PROCESSO

Daniel, André Puccinelli e mais cinco pessoas se tornaram alvos de ação civil por improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul, que apura a contratação da Itel Informática, por meio da Mil Tec Tecnologia, por parte do Estado. A contratação teria sido irregular, sem a necessidade de concurso público, colocando terceiros para atuação no local de servidores. A justiça recebeu a ação.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

STJ reduz pena de Elize Matsunaga, condenada por esquartejar marido em SP

Mulher será indenizada em R$ 15 mil depois de ser atingida por toldo de loja
JUSTIÇA

Mulher ferida por toldo de loja será indenizada

Shopping é condenado a pagar R$ 10 mil por falsa acusação de furto
CAMPO GRANDE

Shopping é condenado a pagar R$ 10 mil por falsa acusação de furto

Quadrilha que planejava crimes pelo whatsapp é desarticulada
NO INTERIOR

Quadrilha que planejava crimes pelo whatsapp é desarticulada

Mais Lidas