Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

FLAGRANTE

Ex-dirigente de partido do MS
é preso por tráfico em São Paulo

Moradores desenterravam entorpecentes no quintal, na hora do flagrante

14 FEV 2018Por ALINE OLIVEIRA16h:01

Um dos cinco presos por tráfico de drogas no município de Marília (SP), no último fim de semana (10) foi identificado e trata-se de ex-dirigente do Partido dos Trabalhadores (PT-MS), na cidade de Amambai (região do Cone Sul do Estado). 

Marcos Estigarribia da Silva, 40 anos, e mais quatro pessoas foram indiciados por tráfico de drogas e associação ao tráfico: metalúrgico Bruno Benedito Rodrigues Neves, 28 anos; o mecânico Wellisson de Souza Lima, 36 anos; o autônomo Maurício Fermino de Sá, sem idade informada e a balconista, Ana Cláudia dos Santos e Silva, 35 anos.

Segundo informações do portal G1, no momento da abordagem foram encontrados 72 kg de entorpecente em um imóvel no Jardim Santa Antonieta, zona norte de Marília. No interior da casa foram apreendidos 56 tijolos de maconha e vários fragmentos menores que pesaram 62,6 quilos, mais nove tabletes de haxixe totalizando 8,9 quilos e 302 pinos com cocaína.

PRESOS EM FLAGRANTE

O flagrante aconteceu quando policiais rodoviários estaduais desconfiaram e seguiram um dos suspeitos, que transitava de motocicleta pela rodovia SP-133. Com ajuda da Polícia Militar, os  militares chegaram até o imóvel e flagraram os moradores desenterrando entorpecentes no quintal. 

Os indivídulos estavam com parte da droga fora da terra e ao avistarem os policiais tentaram correr e pular um muro, mas foram detidos. 

Conforme relato da equipe que efetuou a prisão, a casa tinha droga por todos os lados, até dentro de uma panela na cozinha e em um cesto de roupas sujas. Anotações sobre o tráfico de entorpecentes e balanças de precisão também acabaram apreendidas.

Questionado, Marcos confessou aos policiais que o veículo Fiat Uno, encontrado no local foi utilizado para carregar parte da maconha e haxixe apreendidos.

Leia Também