Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

Rodovia

Estudo técnico para viabilizar parceria da MS-306 será apresentado em 4 meses

Estimativa é de que até maio de 2018 edital de licitação do projeto seja lançado

6 JUL 2017Por Bárbara Cavalcanti12h:36

Em até quatro meses, deve ser apresentado estudo técnico para futura parceria público-privada da rodovia MS-306. O edital de Plano de Manifestação de Interesse (PMI) foi divulgado na edição de hoje do Diário Oficial do Estado. A estimativa do secretário de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, é de que até maio de 2018 o edital de licitação do projeto seja lançado.

Conforme a publicação, o estudo técnico deve ser apresentado em até 120 dias. O edital norteia toda estruturação do projeto de concessão a ser futuramente licitado. De acordo com a assessoria de imprensa do Estado, o projeto contém adequação de capacidade, reabilitação, operação, manutenção e conservação da rodovia para garantir melhor tráfego e segurança aos usuários. A estimativa de lançamento da licitação até maio de 2018 depende do cumprimento de todas etapas de estruturação definitiva do projeto, de acordo com explicação do secretário divulgada em nota oficial do Governo.

A rodovia, que começa no entroncamento com a MS-359 e segue até Cassilândia, será a primeira concessão feita pelo governo estadual. No mês passado, em agenda pública no município de Costa Rica, o governador Reinaldo Azambuja tinha comentado sobre a iniciativa de conceder as atividades na rodovia para empresa privada.

Conforme o governador, um dos objetivos da parceria é também de acelerar e incentivar os investimentos em infraestrutura rodoviária estadual. “As empresas autorizadas a elaborar os estudos irão prever em seus projetos restaurar, construir acostamento em toda extensão, sinalizar e dar mais segurança e tranquilidade para quem usa uma das mais importantes rodovias de MS”, comentou na ocasião.

MS-306
A rodovia MS-306, no trecho entre BR-359 e BR-158, em Cassilândia, dá acesso ao modal hidroviário do Mercosul, por meio da hidrovia do rio Tietê-Paraná. A via também segue para o modal ferroviário operado pela América Latina Logística Malha Norte S.A., com terminais rodoferroviários nos municípios de Chapadão do Sul e Aparecida do Taboado. A MS-306 ainda é rota para o porto marítimo de Paranaguá e Santos. Em média, mais de 5 mil veículos passam pela rodovia. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também