Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

TRANSPORTES

Estado restaura as MS-164 e MS-384, vias de escoamento e integração da fronteira

Já foram 23 km de vias de ligação entre cidades recuperadas

15 OUT 19 - 12h:19RAFAEL RIBEIRO (com assessoria)

A malha viária estadual que integra os municípios situados na fronteira com o Paraguai está recebendo manutenção permanente do Governo do Estado, por meio da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos). Em Ponta Porã, trechos críticos das MS-164 e MS-384, com acessos ao Copo Sujo, Vista Alegre e BR-267 e a Antônio João, foram recuperados com serviço de micro revestimento, totalizando 23 quilômetros.

“A diferença desse governo para os demais é que hoje temos uma regularidade na manutenção das nossas rodovias, sejam pavimentadas ou não”, observou a regional da Agesul no município, engenheira Suzana Lorenzon Wetters. Segundo ela, a meta é recuperar até o fim do ano toda a malha sob a jurisdição da residência – cerca de 500 quilômetros -, beneficiando também Aral Moreira, Caarapó, Antônio João e Laguna Carapã.

Assentamento Itamarati

As MS-164 e MS-384 integram um dos principais troncos de escoamento da produção agropecuária e também ao turismo de compras em Ponta Porã. Os trechos restaurados estão recebendo agora nova sinalização horizontal. A Agesul também executa serviços de cascalhamento de trechos danificados na rodovia MS-280 (região de Lagunita, entre Ponta Porã e Laguna Carapã), no entroncamento com a BR-463 e a MS-380, totalizando 17 quilômetros.

Outra intervenção do Estado, em parceria com a prefeitura de Ponta Porã, garante a manutenção das estradas vicinais do Assentamento Nova Itamarati, hoje distrito com cerca de 17 mil habitantes. A Agesul disponibilizou sua patrulha mecanizada, que no momento está atendendo a agrovila Grupo Renovação. “Era uma região com dificuldades de acesso, principalmente no período chuvoso, e hoje recebe cascalhamento”, informou Suzana Wetters.

Anel Viário em execução

As obras de drenagem na região dos bairros São João e Jardim Estoril, por onde passará a primeira etapa da pavimentação do Contorno Viário de Ponta Porã, avançam e nas próximas semanas dará início efetivo ao trabalho no primeiro trecho da via ligando as regiões Norte e Sul, cortando a cidade ao meio e facilitando o trânsito de caminhões. A infraestrutura viária foi autorizada pelo governador Reinaldo Azambuja, com investimentos de R$ 22 milhões.

Obras de drenagem preparam a chegada do Anel Viário

 “O Anel Viário resgata um compromisso assumido com a população de Ponta Porã, e com apoio do governador Reinaldo Azambuja estamos prestes a dar início à obra, uma das mais aguardadas pela população nos últimos anos”, afirmou o prefeito Hélio Peluffo. “É uma obra prioritária a ser executada pela prefeitura com recursos do Estado, desviando os veículos pesados do centro e aumentando a segurança e garantindo a fluidez do trânsito”, completou.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Governo propõe criar Delegacia de Combate à Corrupção na Polícia Civil
PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR

Governo propõe criar Delegacia de Combate à Corrupção na Polícia Civil

Inquérito apura falta de equipamento para cirurgia no Regional
HOSPITAL REGIONAL

Inquérito apura falta de equipamento para cirurgia no Regional

Justiça aceita denúncia contra cinco por fraude em licitação de R$ 2 milhões
DOURADOS

Justiça aceita denúncia contra cinco por fraude em licitação

Comunidade ganha moradias e inadimplentes recebem prazo maior para regularizar contratos
HABITAÇÕES

Comunidade ganha moradias e inadimplentes recebem prazo maior para regularização

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião