Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ALÍVIO

Estado e municípios poderão sacar R$ 190 milhões depositados em contas judiciais

Governo e municípios dependem de lei estadual para poder sacar estes recursos

19 AGO 15 - 00h:00DA REDAÇÃO

A Lei Federal Complementar 151 sancionada pela presidente Dilma Rousseff no dia 6 deste mês pode representar um alívio momentâneo para as contas do Estado e das prefeituras de Mato Grosso do Sul. Com a liberação para uso dos poderes executivos de até 70% do total dos depósitos judiciais e administrativos, até R$ 190 milhões dos R$ 270 milhões que estão nos cofres do Tribunal de Justiça estão disponíveis para a administração pública sacar. 

A condição para o governo do Estado, a prefeitura de Campo Grande e outras administrações municipais retirarem esse recurso dos bancos é a regulamentação da norma no âmbito estadual. A equipe do governador Reinaldo Azambuja já prepara um projeto de lei, que será enviado para a Assembleia Legislativa nos próximos dias, conforme informou o deputado estadual Junior Mochi (PMDB), presidente da casa.

De acordo com o Tribunal de Justiça, dos R$ 190 milhões disponíveis para saque, o governo do Estado poderá utilizar até R$ 62 milhões. O valor é referente aos processos em que a administração estadual é parte.

(*) A reportagem, de Eduardo Miranda, está na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Motorista de Gol é flagrado com 345 quilos de maconha
PONTA PORÃ

Motorista de Gol é flagrado com 345 quilos de maconha

Ônibus com internos do semiaberto é flagrado com bebidas e drogas
DOURADOS

Internos do semiaberto são flagrados com bebidas e drogas

Justiça decide que 2/3 dos servidores da educação terão que trabalhar
GREVE EDUCAÇÃO

Justiça decide que 2/3 dos servidores da educação terão que trabalhar

Ministério da Saúde investiga alimentação e nutrição infantil em MS
SAÚDE PÚBLICA

Ministério da Saúde investiga nutrição infantil em MS

Mais Lidas