Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Caravana da crise

Estado atrasa repasses de
R$ 40 milhões a municípios

Maior parte dos recursos em atraso é para Campo Grande e Dourados

2 AGO 17 - 04h:00DA REDAÇÃO

Sem repassar recursos da área da saúde para os 79 municípios, a dívida do governo do Estado já é de, pelo menos, R$ 40 milhões.

Somente para Campo Grande, R$ 21 milhões deixaram de ser enviados este ano pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Dourados é outro município prejudicado pela situação; lá, a dívida do Estado é de R$ 10 milhões. Ou seja, nas duas maiores cidades o rombo já é de R$ 31 milhões e os outros 77 municípios dividem os outros R$ 9 milhões em repasses que deixaram de ser feitos.

O presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde de Mato Grosso do Sul (Cosems-MS), Sérgio Perius, que é secretário municipal de Saúde de Amambai, informou que todos os municípios foram prejudicados pelo atraso.

“Ocorre nos 79 municípios. Não é verba federal, é atraso do repasse do Estado. Implica que o município tem que custear despesas com a saúde, tirando recursos próprios. A gente acaba fazendo ajustes, reduzindo algumas situações em razão das limitações. Os municípios com hospitais sentem mais o atraso”.

Os repasses em atraso do Estado à Capital, na área da saúde, já foram mostrados em reportagens publicadas nos dias 10 de junho e 10 de julho, quando os valores eram de R$ 15 milhões e R$ 19,6 milhões, respectivamente.

O montante da dívida atualizada, de R$ 21 milhões, foi confirmado pelo secretário municipal de Saúde (Sesau), Marcelo Vilela.

*Leia reportagem, de Natalia Yahn, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Polícia apreende uma tonelada de droga nas rodovias durante feriado
OPERAÇÃO CORPUS CHRISTI

Polícia apreende uma tonelada de droga nas rodovias durante feriado

Incêndio em vegetação se alastra e destrói barracos em rodovia
CAMPO GRANDE

Incêndio em vegetação se alastra e destrói barracos

Mais de 13% dos motoristas profissionais de MS fazem uso de drogas
COCAÍNA É A PRINCIPAL

Mais de 13% dos motoristas profissionais de MS fazem uso de drogas

BRASIL

Ministério da Agricultura divulga registro de 42 agrotóxicos

Mais Lidas