Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MARACAJU

Envolvido em morte de policial morre em confronto com o Choque

Outros quatro suspeitos pelo crime foram presos
10/02/2019 11:13 - LUANA RODRIGUES


 

Um dos envolvidos na morte de um soldado da Polícia Militar, ocorrida na madrugada de hoje, morreu durante um confronto com o Batalhão de Choque da Polícia Militar, em Maracajú. O policial Juciel Rocha Professor, 25 anos, foi assassinado com vários tiros pelas costas.

De acordo com informações apuradas pelo Correio do Estado, junto ao Batalhão de Choque, após a morte do policial, duas equipes do Choque foram enviadas de Campo Grande para Maracajú, a fim de apurar a autoria do crime.

Quando chegaram em Maracajú, o suspeito pelos disparos já havia se entregado na delegacia da cidade. Os policiais, então, prenderam o condutor da moto e chegaram até um terceiro envolvido, que teria cedida o veículo aos criminosos.

O criminoso teria resistido à prisão e entrando em confronto com policiais dos batalhões de Choque e de Operações Especiais (Bope), quando foi atingido por tiros e morto.

As polícias civil e militar da cidade ainda prenderam outros dois envolvidos, totalizando cinco participantes no crime.

A polícia ainda apura o que teria motivado a execução do policial.

Juciel era lotado na 2ª Companhia Independente da Polícia Militar de Maracaju. Ele havia se formado pela turma de soldados de 2016.

 

Felpuda


É grande a expectativa em torno de qual foi a justificativa de conhecida figura que beneficiou sujeito, e este, aproveitando a, digamos, boa vontade demonstrada, simplesmente “sumiu do mapa”. Órgão nacional pediu explicações para o “benfeitor”, e o prazo já venceu. Como as decisões por lá não ficam escondidas do distinto público, logo, logo, a curiosidade deverá ser contemplada. É esperar para conferir!