Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Agesul

Engenheiro investigado na Lama Asfáltica é excluído de obra

Exclusão foi publicada na edição desta quinta-feira do DOE

13 AGO 15 - 10h:11ALINY MARY DIAS

Engenheiro que atuou nos últimos anos na supervisão de obras de rodovias em todo o Estado, Marcos Tadeu Puga teve responsabilidade técnica excluída de obra orçada em R$ 4,7 milhões. A exclusão foi publicada nesta quinta-feira (13) pelo diretor da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), Marcelo Miglioli.

O contrato em questão foi firmado na última segunda-feira (10) entre a Agesul e a empreiteira RR & Cia LTDA. Para manter rodovias da região de Corumbá por 1 ano, a empresa receberá R$ 4.799.000,70 milhões.

Um dos responsáveis técnicos por fiscalizar as obras seria o engenheiro Marcos Puga, que foi afastado da função depois de ter envolvimento com o esquema de fraude de licitações revelado pela Operação Lama Asfáltica, no mês passado.

No termo aditivo do contrato publicado hoje, a Agesul excluiu responsabilidade técnica de Puga nesse contrato, o engenheiro Hilário Horta será o único responsável pela supervisão.

LAMA ASFÁLTICA

De acordo com a Polícia Federal, as investigações começaram em 2013 e apontaram existência de esquema de superfaturamento de obras “mediante prática de corrupção de servidores públicos e fraudes a licitações, ocasionando desvios de recursos públicos”. A organização criminosa atua no ramo de pavimentação de rodovias, construção de vias públicas, coleta de lixo e limpeza urbana. 

Ainda conforme a investigação, foram identificadas “vultuosas doações” de campanhas à candidatura de um dos principais envolvidos. Segundo apurou a reportagem, trata-se do ex-diretor da Agência Estadual de Gestão e Empreendimentos (Agesul), Edson Giroto. A casa dele, inclusive, é um dos alvos dos 19 mandados de busca e apreensão.

A casa do empresário João Amorim, assim como da secretária e sócia dele, Elza Cristina Araújo dos Santos, e do genro, Luciano Dolzan – dono da LD Construções, também são alvo de buscas dos policiais.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Teto do CTI da Santa Casa despenca por conta da chuva
CAMPO GRANDE

Teto do CTI da Santa Casa despenca por conta da chuva

Caçamba de caminhão levanta, derruba fiação e deixa bairro sem luz
CAIOBÁ

Caçamba de caminhão levanta, derruba fiação e deixa bairro sem luz

Vai pegar a rodovia? Tome alguns cuidados na sua viagem
CONFIRA DICAS

Vai pegar a rodovia? Tome alguns cuidados na sua viagem

Após quase dois meses, gripe volta a matar em Mato Grosso do Sul
INFLUENZA

Após quase dois meses, gripe volta
a matar em Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião