Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE

Enfrentando fenômeno natural, Lagoa Itatiaia recebe serviço de limpeza

Calor e estiagem estão fazendo local evaporar
18/10/2019 18:14 - ADRIEL MATTOS


A Lagoa Itatiaia, localizada no bairro de mesmo nome, na região leste de Campo Grande, recebeu nesta sexta-feira (18) serviço de limpeza. Equipes da prefeitura recolheram lixo que se acumulava às margens da lagoa, conforme divulgou o prefeito Marcos Trad (PSD) em seu perfil na rede social Instagram.

O calor dos últimos meses e as chuvas fracas estão levando a lagoa a evaporar. Como o local é abastecido pelo lençol freático, abaixo da lagoa, e não por córregos, a manutenção do nível de água fica prejudicada. O lixo recolhido hoje estava em locais que antes era coberto por água.

Serviço foi mostrado em publicação do prefeito. Foto: Reprodução/Instagram/marquinhostrad

Para o professor Fábio Veríssimo Gonçalves, do curso de Engenharia Ambiental da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), esse processo natural ameaça a vida do local. “Se não voltar chover em grande quantidade, a lagoa pode secar em três meses. Com chuvas curtas e esparsas, o lençol freático fica abaixo do nível de recarga, o que leva à evaporação”, explicou.

Veríssimo observou que há acúmulo de uma certa quantidade de sedimentos, mas ainda não se pode afirmar que a lagoa passa por assoreamento. “Não é a causa principal, então o que realmente causou esse processo foi a estiagem”, apontou. 

O titular da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), Luís Eduardo Costa, disse que o município já está tomando algumas medidas para tentar ao menos amenizar o problema. “Enviamos técnicos da Semadur para fazer vistoria e checar o lençol freático”, afirmou. Costa reforçou que o processo é natural e garantiu que a lagoa não está passando por um processo de assoreamento.

Felpuda


Figurinha começou a respirar aliviada, embora ainda esteja na corda bamba. Isso porque mudou de mãos o processo cuja sentença poderá mandá-la para casa definitivamente. Assim, pela “jurisprudência” com a qual o “analista” é conhecido, pode ser que o resultado seja bastante favorável, permitindo que a então desesperada pessoa continue com o assento em Brasília. Vamos ver!