Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ESCLARECIDO

Encontrado morto em terreno foi esfaqueado por adolescente de 15 anos

Rapaz foi atingido na coxa e arrastado para terreno, onde agonizou por 10 minutos

11 JAN 19 - 15h:31GLAUCEA VACCARI

Ugledson Flander de Oliveira, 31 anos, encontrado morto em um terreno no Jardim Itamaracá, em setembro do ano passado, foi assassinado por um adolescente de 15 anos, com ajuda de um rapaz de 19. Vítima foi esfaqueada, arrastada por vários metros e abandonada, ainda com vida, no terreno baldio. Câmeras de segurança ajudaram a Polícia Civil a esclarecer o crime.

De acordo com a delegada responsável pelas investigações, Célia Bezerra, da 4ª DP, por volta das 15h do dia 1º de setembro de 2018, pessoas avistaram dois suspeitos arrastando a vítima pela rua Iraci Coelho Neto, abandonando-o em uma esquina. Após reclamação de uma outra pessoa, o corpo foi novamente arrastado e deixado no terreno baldio.

Vítima chegou a ficar agonizando por cerca de 10 minutos, antes de morrer. Um dos suspeitos, o rapaz de 19 anos, chegou a ficar ao lado da vítima durante o trabalho da polícia, sendo arrolado como testemunha.

Durante investigações, polícia analisou imagens de câmeras de segurança de residências e comércios, e chegou até os suspeitos, que se apresentaram na delegacia acompanhados dos advogados. 

Segundo versão do menor, Ugledson teria pedido uma bicicleta emprestada e, ao buscar o veículo, furtou R$ 250 que o adolescente estava juntando para comprar um celular. Ainda segundo o adolescente infrator, vítima devolveu a bicicleta com os pneus rasgados e confessou que furtou o dinheiro, supostamente para comprar drogas. Houve uma discussão e, durante o desentendimento, o adolescente pegou uma faca na cozinha e golpeou Ugledson na coxa, atingindo a veia femoral. O outro suspeito chegou neste momento e ajudou o menor a arrastar a vítima para o terreno. 

Conforme a delegada, nas imagens é possível ver quando a vítima é arrastada pelas ruas, com vida. “Nitidamente você observa que ele está sangrando muito e levam para este terreno. Ele está vivo e pedindo ajuda. Testemunhas que ouvimos neste inquérito foram unânimes em dizer que ele a todo momento pediu ajuda”, disse Célia.

Após cerca de 10 minutos agonizando, uma mulher que passava pelo local ouviu os gritos e acionou a polícia. “O de 19 anos ficou o tempo todo presente no local. A moça acreditou que ele estava ajudando, enquanto ele ali permaneceu para ver o andamento das diligências, ficou próximo dos policiais e dos bombeiros. Tanto que, em um primeiro momento, ele foi arrolado como testemunha”, acrescentou a delegada, sobre o suspeito identificado pelas imagens.

A autoridade policial pede ainda que, qualquer pessoa que testemunhar um crime, faça a denúncia. “Independentemente da pessoa se sentir ameaçada, todas as pessoas têm aparelho celular. Ligue no 190, a identidade vai ser mantida em sigilo. O que a gente acha incrível é uma pessoa ser vista ferida, sendo arrastada e as pessoas não tomarem uma providência. Certamente se alguém tivesse ligado para o 190 a polícia teria chegado rapidamente. Da mesma forma, o autor estava presente, se alguém avisasse o policial que estava ali, nós teríamos uma autuação em flagrante desse indivíduo”, conta.

Os suspeitos se apresentaram com os advogados. O rapaz de 19 anos foi indiciado por homicídio qualificado por motivo torpe, enquanto o caso do menor foi encaminhado para a Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e a Juventude (Deaij).

Inquérito está sendo finalizado e será encaminhado para a Justiça.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Fiéis enchem igrejas para as celebrações da Paixão de Cristo
SEXTA-FEIRA SANTA

Fiéis enchem igrejas para
as celebrações desta sexta

Pescador de 61 anos é flagrado com 300 metros de redes e pescado
TRÊS LAGOAS

Pescador é flagrado com 300 metros de redes e pescado

Chuva atrapalha procissão da Via-Sacra, mas não a fé dos espectadores
MORENINHAS

Chuva atrapalha procissão da Via-Sacra nas Moreninhas

Câmara de vereadores conclui cassação de 7 vereadores
LADÁRIO

Câmara de vereadores conclui cassação de 7 vereadores

Mais Lidas