Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

DISPENSA DE LICITAÇÃO

Empresa é contratada para elaborar projeto de reparo do muro de contenção do Rio Paraguai

Valor estimado a ser pago no projeto é de R$ 427 mil

2 DEZ 19 - 18h:30GLAUCEA VACCARI

A empresa Schettini Engenharia Ltda. Foi contratada, de forma emergencial, para elaborar o projeto para recuperar a parede de contenção do dique do Rio Paraguai, qu desabou no mês de outubro, em Porto Murtinho. O aviso de dispensa de licitação foi publicado na edição de hoje (2) do Diário Oficial do Estado.

Conforme a publicação, valor estimado a ser pago no projeto de recuperação e reforço da estrutura da parede de contenção é de R$ 427 mil.

Por conta da gravidade da situação, foi decretada emergência na cidade no dia 19 de novembro, sendo este o motivo da dispensa de licitação, conforme o Executivo Estadual.

Conforme o tenente da Defesa Civil, Landis Dorneles, parte da parede na parte contínua à estrutura do dique de proteção contra cheias do rio cedeu por conta da força da água em 28 de outubro e, desde então, rachaduras apareceram na estrutura. O trecho onde houve o desabamento é considerado crítico por conta da grande quantidade de embarcações.

O rompimento dos pilares aconteceu em uma curva, perto da área de captação da Sanesul, entre os locais onde serão construídos os novos portos, na área urbana de Porto Murtinho. A estação flutuante de captação de águas terá que ser remanejada para outro local do rio.

No projeto para recuperação, será feito o furo de sondagem, que irá analisar o tipo de terreno para indicar a melhor solução de engenharia. Houve necessidade de nova contratação para os reparos devido a obra do dique ter sido feita há oito anos e já ter passado o período de garantia da empreiteira, que era de cinco.

PAREDE DE CONTENÇÃO

A estrutura foi construída para a contenção da água e era usada pela população como espaço de lazer, especialmente para a prática de caminhada e pesca. A suspeita da Prefeitura de Porto Murtinho é que o muro tenha sofrido infiltração na base, já que a altura da água estava baixa, com 2,7 metros.

Conforme o órgão, tanto as estacas como a estrutura de alvenaria vieram abaixo junto com um pedaço da grama que cobria o topo do aterro e a grade de contenção. 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Devido a reprodução, casos de atropelamento de animais podem subir até 60% no verão
ATENÇÃO

Devido a reprodução, casos de atropelamento de animais podem subir até 60% no verão

Cresce preocupação com cigarros eletrônicos

Cresce preocupação com cigarros eletrônicos

Ícone sul-mato-grossense e espetáculo de balé marcam apresentações na Cidade do Natal
NESTE DOMINGO

Ícone sul-mato-grossense e balé marcam apresentações
na Cidade do Natal

Acumulado, próximo concurso da Mega-Sena deve pagar R$ 36 milhões
APOSTAS

Acumulado, próximo concurso da Mega-Sena deve pagar R$ 36 milhões

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião