Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

RIO BRILHANTE

Empresa de secagem de grãos é multada por “poeira” em bairro

Poeira se espalha e causa sujeira, doenças respiratórias e alergias

17 AGO 15 - 14h:58NILCE LEMOS

Uma empresa de armazéns e secagem de grãos localizada no bairro Planalto em Rio Brilhante, distante 158 km de Campo Grande, foi multada pela Polícia Militar Ambiental (PMA) em 15 mil e responderá criminalmente por causar problemas ambientais na região.

Segundo o site Dourados News, a empresa produz uma “poeira” causada por grãos estocados em silos de armazenamento que se espalha por todo o bairro no momento de carga, descarga, e limpeza dos grãos, e prejudica os moradores com a sujeira e causando doenças respiratórias e alergias, em especial, em crianças.

Conforme a reportagem, a empresa só poderá voltar a funcionar depois de efetivar obras e atitudes para solucionar os problemas. Ela responderá pelo crime ambiental por funcionar com atividade potencialmente poluidora em desacordo com a licença obtida. A pena é de três a seis meses de detenção.

O responsável pelo empreendimento que preferiu não se identificar, disse a reportagem que havia sido informado que a empresa atuava dentro da legalidade, de acordo com as licenças ambientais e alvarás exigidos para o trabalho e possuía a aparelhagem necessária para filtrar os resíduos do grão.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Teto do CTI da Santa Casa despenca por conta da chuva
CAMPO GRANDE

Teto do CTI da Santa Casa despenca por conta da chuva

Caçamba de caminhão levanta, derruba fiação e deixa bairro sem luz
CAIOBÁ

Caçamba de caminhão levanta, derruba fiação e deixa bairro sem luz

Vai pegar a rodovia? Tome alguns cuidados na sua viagem
CONFIRA DICAS

Vai pegar a rodovia? Tome alguns cuidados na sua viagem

Após quase dois meses, gripe volta a matar em Mato Grosso do Sul
INFLUENZA

Após quase dois meses, gripe volta
a matar em Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião