Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

Educação

Em novembro, 1.741 presos do MS
fazem exame de nivelamento escolar

Provas acontecem nos dias 21 e 22, no âmbito do Encceja

18 OUT 2017Por RENAN NUCCI09h:49

Entre os dias 21 e 22 de novembro, 1.741 presos de 36 unidades de detenção de Mato Grosso do Sul fazem o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). O número foi divulgado pela Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen). As provas objetivas e de redação visam aferir habilidades e saberes em nível de conclusão do Ensino Fundamental ou do Ensino Médio para fins de correção do fluxo escolar.

De acordo com o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), a medida tem como objetivo ser mais um meio de ressocialização dos reeducandos, promovendo oportunidade de evolução educacional, diminuindo possibilidades de reincidência. Em todo o País, são mais de 75 mil detentos a prestar o Encceja. 

O exame acontece nas penitenciárias e nas unidades de medidas socioeducativas de todos os estados. O participante receberá a certificação do Ensino Fundamental ou Médio se atingir o mínimo de 100 pontos em cada uma das áreas de conhecimento e 5 pontos na redação.

Os candidatos à conclusão do Ensino Fundamental vão fazer provas de ciências naturais, história e geografia; língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes, educação física e redação; e matemática. No caso da certificação do Ensino Médio, as provas serão de ciências naturais e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; linguagens e códigos e suas tecnologias e redação; e matemática e suas tecnologias.


Enem prisional no MS

Sobre o Enem Prisional, a Agepen afirma que as matrículas estão abertas até o dia 20 de outubro. Até o momento, 383 reeducandos se matricularam de 35 unidades prisionais do estado que aderiram ao exame. As provas serão realizadas em cada uma dessas unidades nos dias 12 e 13 de dezembro, na parte vespertina.

Leia Também