ENSINO SUPERIOR

Em MS, nota mínima para entrar<br> em Medicina pelo Sisu é de 803 pontos

Dentre os cursos mais procurados estão também Direito e Engenharia
24/01/2019 11:01 - BRUNA AQUINO


 

O Ministério da Educação (MEC) divulgou a primeira nota parcial do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Em Mato Grosso do Sul, o curso mais disputado é o de Medicina na Universidade Estadual de MS (UEMS), em que o candidato precisa ter, no mínimo, 803,44 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para  disputar uma das vagas em ampla concorrência.

Ao todo são 48 vagas, sendo 15 delas, destinadas a negros e indígenas que cursaram a rede pública de ensino. As próximas parciais serão divulgadas no decorrer da semana. Outros cursos disputados são Direito e Engenharia Civil, respectivamente.

A nota de corte em Medicina na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) é de 796,22 e na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) é de 787,78. Para essas universidades no total são disponibilizadas 56 e 20 vagas, respectivamente, divididas em restrita e ampla concorrência.

Outros cursos disputados são Direito e Engenharia Civil. No primeiro caso, para concorrer a uma das 39 vagas oferecidas pela UFMS, período integral, o candidato precisa ter tirado, no mínimo, 737,75 no Enem. A nota de corte do período noturno é um pouco menor, 714,86 para a mesma quantidade de vagas. 

A UEMS oferece 50 vagas para Direito no total com exigência de nota mínima de 727,24 em ampla concorrência.

Para o candidato que deseja cursar Engenharia, a na UFMS oferta 70 vagas, cuja nota de corte está em 723,16. Na IFMS há 40 vagas disponíveis e a nota de corte é de 631,90 para ampla concorrência.

Em todo o Estado, a UFMS oferece acesso a 112 cursos, na Capital, em Três Lagoas (542), Corumbá (390), Aquidauana (250), Nova Andradina (140), Ponta Porã (140), Chapadão do Sul (105), Naviraí (98), Coxim (98) e Paranaíba (91). A gama de opções de graduação é a mais completa do Estado.

Segundo o MEC, a nota de corte é uma estimativa com base nos candidatos inscritos até o momento. Embora não seja uma garantia da vaga, é possível usar a informação para orientar a escolha.

Calendário

O Ministério da Educação informa que a primeira edição do Sisu 2019 terá uma única chamada regular. O resultado será divulgado em 28 de janeiro.

As matrículas ou registros acadêmicos dos candidatos selecionados deverão ser feitas nas instituições para as quais foram selecionados, na chamada regular, entre os dias 30 de janeiro e 4 de fevereiro. Os escolhidos devem observar os dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição em seu edital próprio.

As inscrições serão realizadas exclusivamente no site do Sisu

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".