Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Pagamento FGTS

Dinheiro do FGTS serve para aliviar dívidas no fim do ano

Manhã foi de pouco movimento para saques nas agências da Capital

18 OUT 19 - 10h:39ALÍRIA ARISTIDES

Com pouco movimento pela manhã nas agências da Capital, começou nesta sexta-feira (18) os pagamentos dos saques imediatos de até R$ 500 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Esta é a primeira liberação para os não correntistas da Caixa Econômica Federal e beneficia os trabalhadores nascidos em janeiro. Os valores serão disponibilizados para 87.523 trabalhadores de Mato Grosso do Sul, o que representa R$ 35.786.705,75.

O valor do saque do FGTS é um complemento na renda mensal para muitos. O servidor Alexandre Duarte, de 38 anos, pretende destinar a quantia para pagamento de dívidas. “O dinheiro extra vai servir para pagar água, luz. Faz alguma diferença no mês, é uma ajuda”. Pagar contas também é o destino do dinheiro para Ramona Lima, 50 anos. Segundo a auxiliar de serviços gerais, “esses R$500 vai fazer ajudar bastante, vou usar para pagar parcela de prestação de loja. Pode parecer pouco mas esse dinheiro ajuda e muito”. 

Já para a operadora de caixa Laís Messias da Silva, de 18 anos, o intuito é economizar e depositar a quantia na poupança. “Vou guardar e fazer uso mais tarde, deixar render. Quero usar para fazer viagem, com alguns gastos e compras”, afirma.   

Para atender os beneficiados, várias agências da Caixa no Estado reforçaram as equipes, estenderam o horário para atendimento e vão funcionar no sábado (19). Em Campo Grande, 11 agências ficarão abertas das 9h às 16h nesta sexta-feira: as unidades Centro, Avenida Bandeirantes, Barão do Rio Branco, Afonso Pena, Ypê Center, Mato Grosso, Aero Rancho, Rodoviária, Júlio de Castilho, Zahran e Pantanal.

No interior do Estado, o horário de funcionamento das unidades vai das 8h às 15h. Nas cidades de Amambai, Aquidauana, Chapadão do Sul, Corumbá, Coxim, Dourados, Fátima do Sul, Ivinhema, Jardim, Maracaju, Miranda, Mundo Novo, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, Porto Murtinho, Rio Brilhante, Sidrolândia, Sonora e Três Lagoas.

PAGAMENTO

Nos saques anteriores, Caixa já disponibilizou R$ 197.828.563,78 para 460.662 pessoas em Mato Grosso do Sul com depósito automático para aqueles que têm conta-poupança no banco, seguindo calendário de mês de nascimento. A primeira etapa dos saques foi realizada a partir do dia 13 de setembro. No período, 153.615 pessoas, que nasceram entre janeiro e abril, receberam R$ 67.570.376,78.  

Já na segunda oportunidade – para os nascidos entre maio e agosto, disponibilizada no dia 27 de setembro –, 164.487 trabalhadores receberam o crédito, totalizando R$ 72.683.765,00. Na terceira etapa, 142.560 trabalhadores receberam o crédito de R$ 500 por conta (ativa ou inativa) do FGTS, o que representa um montante de R$ 57.574.422,00 liberados – para nascidos entre setembro e dezembro. 

Somando os valores já pagos e os que ainda serão liberados, os saques vão injetar R$ 537,2 milhões na economia de Mato Grosso do Sul, entre o dia 13 de setembro e o dia 31 de março de 2020, período em que os trabalhadores poderão retirar os valores a que têm direito. Serão 1.409.860 beneficiados em Mato Grosso do Sul.

SAQUES

A Medida Provisória (MP) nº 889/2019 autorizou a nova modalidade de retirada de recursos do FGTS, chamada de saque imediato, válida somente esta vez. A MP permite que todos os trabalhadores, com contas ativas ou inativas do FGTS, possam sacar até R$ 500 de cada uma delas, limitados ao valor do saldo.

A próxima etapa de liberação do FGTS será no dia 25 de outubro, para os nascidos em fevereiro. Os nascidos em março recebem no dia 8 de novembro. Para aqueles que nasceram em abril, os valores estarão disponíveis dia 22 de novembro, e os naturais de maio recebem dia 6 de dezembro.

Para saber os valores disponíveis para saque, os canais de recebimento e as opções de crédito em conta, é só acessar o site da Caixa e informar o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), o Número de Identificação Social (NIS), do Programa de Integração Social (PIS) ou do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) e a data de aniversário.

Os saques de até R$ 100 poderão ser realizados em casas lotéricas, com apresentação de documento de identidade original com foto e número do CPF. Será feita a leitura da digital no momento do saque. Para quem possui Cartão Cidadão e senha, o saque poderá ser feito nos terminais de autoatendimento, em unidades lotéricas ou correspondentes Caixa Aqui. Quem não tem o Cartão Cidadão deve procurar uma agência da Caixa.

CALENDÁRIO DE NASCIMENTO

Os pagamentos obedecem ao calendário de nascimento do trabalhador. Para sacar até R$ 100, o trabalhador poderá ir às casas lotéricas, apresentar um documento com foto e o número do CPF. Para aqueles que têm Cartão Cidadão e senha, o saque poderá ser feito nos terminais de autoatendimento, em unidades lotéricas ou correspondentes Caixa Aqui. Quem não tem o Cartão Cidadão deve procurar uma agência da Caixa e falar com um atendente.





 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Governo propõe criar Delegacia de Combate à Corrupção na Polícia Civil
PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR

Governo propõe criar Delegacia de Combate à Corrupção na Polícia Civil

Inquérito apura falta de equipamento para cirurgia no Regional
HOSPITAL REGIONAL

Inquérito apura falta de equipamento para cirurgia no Regional

Justiça aceita denúncia contra cinco por fraude em licitação de R$ 2 milhões
DOURADOS

Justiça aceita denúncia contra cinco por fraude em licitação

Comunidade ganha moradias e inadimplentes recebem prazo maior para regularizar contratos
HABITAÇÕES

Comunidade ganha moradias e inadimplentes recebem prazo maior para regularização

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião