Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

CASAMENTO COMUNITÁRIO

Em busca do sonhado sim, casais vão ao altar neste sábado na igreja Perpétuo Socorro

A celebração matrimonial coletiva é realizada pelo Santuário duas vezes ao ano

12 DEZ 19 - 07h:46BRUNA AQUINO

Enquanto algumas pessoas correm do laço matrimonial, outras não veem a hora de chegar o próximo sábado (14). Isso porque o Santuário Estadual Nossa Senhora do Perpétuo Socorro vai realizar o Casamento Comunitário de 34 casais, às 10h, em Campo Grande. A celebração matrimonial coletiva é realizada pelo Santuário duas vezes ao ano.

Os casais participaram de encontros de formação com palestras sobre a importância do sacramento do matrimônio. No último domingo (8), os casais passaram pelo o rito de iniciação cristã e receberam os sacramentos iniciais que não possuíam, como batismo, 1ª Eucaristia e Crisma, que são necessários para o matrimônio. Foram 14 batismos, duas admissões, 32 pessoas que receberam 1ª Eucaristia e 48 Crismas.

No ínicio de agosto, o santuário celebrou o casamento de 36 casais juntamente com a comemoração de 78 anos do santuário. 

Desde 2005, quando teve início a legitimação matrimonial, quase 700 casais já participaram da cerimônia.

Para participar do próximo casamento comunitário, que acontece em agosto de 2020, o casal interessado deve realizar inscrição no mês de abril à maio na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Após a inscrição, o casal deverá passar por todo o rito de iniciação cristã. 

A PARÓQUIA
A inauguração aconteceu no dia 3 de agosto de 1941. Mas a paróquia teve início dois anos antes, em 1939, fundada pelo então Bispo de Corumbá, Dom Vicente Priante, ficando sob os cuidados da Congregação do Santíssimo Redentor dos Missionários Redentoristas. A igreja foi tombada, no 13 de julho de 2018, como patrimônio histórico do município.

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Por conta própria, Arthur luta por melhorias em Dourados desde os 6 anos
MINI REPÓRTER

Por conta própria, Arthur luta por melhorias em Dourados desde os 6 anos

Após incêndio em transformador, parque ficará sem iluminação nesta segunda
CAPITAL

Após incêndio em transformador, parque ficará sem iluminação

Sem reforma, Horto Florestal tem "piscina de lodo" e preocupa frequentadores
PARQUE

Sem reforma, Horto Florestal tem "piscina de lodo" e cenário de abandono

Com três vítimas de MS, tragédia da boate Kiss completa sete anos
INCÊNDIO

Com três vítimas de MS, tragédia da boate Kiss completa sete anos

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião