Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

ACIDENTE DE TRABALHO

Eletricista morre no hospital
cinco dias após cair de poste

Ele fazia manutenção na rede elétrica, quando trava de equipamento abriu e houve a queda

13 MAI 19 - 09h:14GLAUCEA VACCARI

Eletricista Antônio Aparecido Cardoso, 60 anos, morreu no hospital, cinco dias depois de cair de um poste, onde fazia manutenção na rede elétrica. Acidente de trabalho aconteceu na última terça-feira (5) e vítima morreu na noite de ontem.

De acordo com informações do site Dourados News, no dia 7 de maio, Cardoso e um colega de trabalho realizavam manutenção em rede de energia no Jardim Santa Maria e a vítima subiu no poste, com uso de uma escada e com os equipamentos de segurança.

O equipamento apresentou falhas e, quando estava no alto, vítima se apoiou no cinto, a trava abriu e ele caiu. 

Ele foi socorrido e encaminhado para o Hospital da Vida, onde ficou internado. Na noite desse domingo, vítima não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.

Caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil como morte a esclarecer, que investigará as circunstâncias do acidente de trabalho.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

IFMS abre processo seletivo para cursos gratuitos de inglês, espanhol e Libras
670 VAGAS

IFMS abre processo seletivo para cursos gratuitos de inglês, espanhol e Libras

Diretores e técnicos de MS participam de capacitação para escolas cívico-militares
EDUCAÇÃO

Profissionais de MS participam de capacitação para escolas cívico-militares

Deputados aprovam mudanças nas carreiras de policiais civis e militares
PROJETO DE LEI

Deputados aprovam mudanças nas carreiras de policiais civis e militares

Lei autoriza Emha a perdoar juros de dívidas de casas populares
PROGRAMA

Lei autoriza Emha a perdoar juros de dívidas de casas populares

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião