Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Falso comprador

Durante venda de carro homem cai
em emboscada e quase é morto

Vítima foi alvo de disparos, mas conseguiu fugir; suspeito foi identificado

2 JUL 17 - 09h:15RENAN NUCCI

Homem de 24 anos escapou por pouco de emboscada armada durante venda de carro na noite de sábado, no município de Fátima do Sul. A vítima e a amiga foram atraídas por falso comprador que teria demonstrado interesse no veículo. Durante negociação, os dois acabaram cercados por atirador em uma moto.


De acordo com o boletim de ocorrência, o rapaz disse que havia postado fotos do veículo para vendas na internet e que, por volta das 21 horas, recebeu ligação de uma pessoa identificada apenas como "Morte", que seria moradora em Dourados e tinha interesse em ver o automóvel. Eles combinaram de se encontrarem na rotatória da orla.


Chegando ao local, o homem, acompanhado da amiga, foram recebidas por "Morte" que conversou um pouco com eles e passou a se afastar de maneira suspeita enquanto uma moto se aproximava. O motocilista chegou perto e ordenou que o garupa atirasse no dono do carro, momento em que ele e a amiga correram.

Ele foi perseguido pelos autore e chegou a ser alvo, de fato, de um disparo, mas não foi atingido. Os ocupantes da moto foram identificados como Tiago XT e Pequeno, e fugiram, assim como "Morte". A vítima relatou que caiu em uma emboscada supostamente armada por Tiago, com quem tem rixa por causa de uma mulher. O caso é investigado. 

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Justiça Federal pede regularização de perícias em dois municípios de MS
INSS

Justiça Federal pede regularização de perícias em dois municípios de MS

Instabilidade na gestão federal deve atrasar obra, diz prefeito
IMPASSE BANDEIRANTES

Instabilidade na gestão federal deve atrasar obra, diz prefeito

SAÚDE

Crianças com menos de 2 anos não devem ter contato com telas, recomenda OMS

Cármen Lúcia suspende ação e barra 'cura gay'

Mais Lidas